16 de maio de 2010

Com time misto, São Paulo leva virada do Botafogo e segue sem vencer

O São Paulo vacilou em casa e ainda não sabe o que é vencer neste Campeonato Brasileiro. Mais uma vez com o time misto, já que o técnico Ricardo Gomes prioriza a Copa Libertadores da América, o Tricolor levou a virada por 2 a 1 para o Botafogo, na tarde deste domingo, no estádio do Morumbi.Léo Lima abriu a contagem para o time da casa, mas o Botafogo conquistou a vitória ao balançar as redes com Antônio Carlos e Renato Cajá. Assim, o São Paulo segue com apenas um ponto na competição, enquanto o time de Joel Santana tem agora quatro.O técnico Ricardo Gomes voltará a escalar o time titular do São Paulo na noite de quarta-feira, diante do Cruzeiro, pela Libertadores, no Morumbi. Já pelo Brasileirão, o Tricolor terá novo compromisso no domingo, contra o Internacional, no Beira-Rio. O Botafogo, por sua vez, atuará no sábado, diante do Goiás, no Engenhão.O jogo - O São Paulo começou melhor a partida, com um esquema tático bem definido com três zagueiros - Richarlyson foi improvisado no setor, mas sem deixar de avançar. Assim, logo nos instantes iniciais, o Tricolor quase abriu o placar. Jean fez um excelente lançamento para Washington, que partiu em velocidade e driblou o goleiro, mas deixou a bola escapar e viu Antônio Carlos aparecer para salvar os visitantes.Mas, com o Botafogo perdido em campo, o time de Ricardo Gomes abriu o placar. Aos sete minutos, Jorge Wagner pegou a bola na esquerda e fez o cruzamento na medida para Léo Lima desviar de cabeça.Depois do revés, o time do Rio de Janeiro acordou e se encaixou em campo, criando condições para dar a resposta ao time misto dos donos da casa. Depois de cobrança de escanteio, Antônio Carlos cabeceou para as redes, mas o árbitro Sandro Ricci assinalou falta na jogada.Melhor em campo, o Botafogo teve boa oportunidade na sequência, quando Caio foi derrubado quase na linha da grande área. Na cobrança da falta, Lucio Flavio rolou na área para Sandro Silva chutar, mas Jorge Wagner fez o bloqueio com o corpo.Aos 27, o Botafogo igualou o placar com sua jogada mais eficiência: a bola aérea. Lucio Flavio cobrou falta da esquerda, Washington não conseguiu cortar e Antônio Carlos cabeceou para as redes. O Coração Valente até reclamou, pois alegou que foi empurrado na jogada, mas o árbitro validou o gol.O jogo ficou mais equilibrado no restante do primeiro tempo, e as chances de gol diminuíram. A forte disputa no meio-campo e a atenção das defesas em jogadas aéreas impediram novos lances de emoção.E o início do segundo tempo seguiu sonolento. O São Paulo não conseguiu exercer uma pressão real de time mandante e só arriscou em chutes sem perigo de longe. Assim, com a torcida demonstrando bastante irritação com o desempenho da equipe, Ricardo Gomes fez duas alterações ao mesmo tempo.Washington, vaiado, e Wellington deixaram o gramado para as entradas de Fernandinho e Cicinho. Joel Santana, por sua vez, respondeu rápido e tirou Sandro Silva para a entrada de Edno.O Botafogo até criou mais chances que os donos da casa e melhorou com a entrada de Renato Cajá na vaga de Lucio Flavio. Assim, aos 42, o meia tabelou com Herrera e chutou na saída de Rogério Ceni para marcar o segundo gol dos visitantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário