17 de maio de 2010

Para Michael, Rubro-Negro deve ter atitude no Chile

O Flamengo iniciou nesta segunda-feira a preparação o decisivo jogo contra a Universidad de Chile, pela Libertadores. O Rubro-Negro terá que vencer por dois gols de diferença em Santiago, nesta quinta-feira, para conseguir a classificação às semifinais da competição. Para o meia Michael, a equipe precisa esquecer a pressão da torcida e jogar com atitude para chegar ao resultado que o interessa.

"Sabemos que vamos jogar em um estádio acanhado, com a torcida em cima o tempo todo. Mas não podemos nos deixar abater por causa disso. Precisamos construir um resultado difícil, porém sabemos que temos um time qualificado para vencer o Universidad de Chile fora de casa. Vamos em busca da tão sonhada classificação para as semifinais da Libertadores", projetou o meia flamenguista.

Michael não deve começar a partida em Santiago entre os titulares. No entanto, o jogador afirmou que espera ajudar o Flamengo a avançar na Libertadores.

"Estou pronto para ajudar o Flamengo sempre que o Rogério quiser. Fui titular contra o Vitória, pelo Brasileiro e espero que seja mantido no time também para essa partida pela Libertadores", finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário