26 de junho de 2010

DEM põe em pauta o rompimento com o PSDB

Rompimento à vista.
A aliança – histórica, tradicional – entre PSDB e DEM está por um fio.
Daqueles fiozinhos que se transformaram em fiapos.
A aliança que está por um fio não é apenas aqui no Pará, não.
É nacional.
De cabo a rabo.
De fio a pavio.
Amanhã, o presidente regional do DEM, deputado federal Vic Pires Franco, e a ex-vice-governadora Valéria Pires Franco, que pretende se candidatar ao Senado na eleição de outubro, viajam para o Rio.
À tarde, a partir das 12h, vão se integrar a toda a cúpula do DEM.
Em reunião a ser presidida pelo presidente nacional do partido, Rodrigo Maia (RJ), o DEM vai discutir objetiva e concretamente, sem rodeio algum, a possibilidade de romper com o PSDB.
A coisa engrossou depois que se anunciou a indicação do senador tucano Álvaro Dias (PR) para ser o vice de Serra.
O DEM Nacional não aceita de jeito nenhum.
Como não aceita que, no Pará, o PSDB imponha ao DEM, no Pará, exigências que inevitavelmente resultariam na exclusão dos Democratas de qualquer aliança para apoiar a candidatura de Simão Jatene.
Por aqui, as conversas continuam.
Mas, como vocês sabem, o tempo passa, voa, escoa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário