1 de julho de 2010

Concurso do INCRA: Ministério Público entra com ação para cancelar certame

Santarém - Ministério Público Federal solicitou a anulação do concurso público do INCRA, realizado no início do mês de Junho.

Erros no sistema de inscrição, provas insuficientes para todos os candidatos e até a não realização do certame em alguns locais são os motivos alegados pelo MPF.

O pedido foi feito em ação civil pública apresentada na última quarta-feira (30/06) à Justiça Federal. Como o concurso tem caráter nacional - caso a suspensão seja determinada abrangerá todo o país.

Os pedidos podem ser apreciados em regime de urgência, já que o resultado do concurso foi publicado, contra recomendação do MPF.

-CETRO divulga nota de esclarecimento:

A Instituição CETRO de acordo com a Nota de Esclarecimento anexada ao concurso, manteve o conograma inicial do concurso e divulgou uma lista provisória com o Resultado do Concurso do INCRA.

- Candidatos não chegaram a receber a prova:

O concurso do INCRA foi aplicado no domingo (13/06), mas, não chegou a ser realizado em alguns locais. A aplicação deveria ter iníciado às 9h00, porém, com mais de 1h30 de atraso, candidatos deixam as salas sem realizar as provas.

Outra reclamação foi a troca de cargos exibida nos cartões resposta. Muitos que se inscreveram para o cargo de Analista Administrativo em contabilidade, receberam o cartão resposta com outro cargo descrito.

Na escola Maestro Wilson Fonseca – Nova República – apenas o cartão resposta foi distribuído, após as 9h15.

Após as 10h30 os candidatos assinaram a freqüência e saíram. Só neste local mais de 50 candidatos não realizaram a prova. Eles afirmam que não houve qualquer justificativa da organização do concurso em relação ao atraso.

O concurso:

De acordo com o edital do concurso seriam selecionados 550 novos servidores para o Incra. Foram oferecidas 480 vagas de nível superior, com remunerações iniciais entre R$ 3.713,74 e R$ 4.598,80, além de 70 oportunidades de nível médio, com remuneração de R$ 2.254,64.

- INCRA solicita investigação:

O INCRA divulgou nesta quarta feira (16), uma nota sobre os incidentes ocorridos, em todo o Brasil, durante seu Concurso Público. Confira na íntegra:

NOTA À IMPRENSA - CONCURSO PÚBLICO

O Incra se reuniu nesta terça feira (15), em Brasília, com representantes do Instituto Cetro, responsável pela realização do concurso da autarquia, para cobrar explicações sobre os incidentes ocorridos durante a aplicação das provas, no último domingo (13).

Com base em relatos, mensagens e matérias na imprensa, o Incra solicitou ao Cetro, em caráter de urgência, um relatório detalhado sobre a aplicação das provas em todas as cidades.

A idéia é mapear as ocorrências e a extensão dos problemas e, em seguida, adotar medidas que assegurem a integridade do processo seletivo. O Incra também pediu ao instituto que publicasse nota de esclarecimento e mantivesse os candidatos informados sobre as providências que estão sendo tomadas para reparar os prejuízos.
notapajós

Nenhum comentário:

Postar um comentário