19 de julho de 2010

Giovanni Queiroz anuncia: PDT está fora da campanha de Ana Júlia

Oficialmente o PDT do deputado Giovanni Queiroz permanece na coligação “Frente Popular Acelera Pará”, encabeçada pelo PT, mas de fato, a legenda não fará campanha para Ana Júlia Carepa, candidata à reeleição.

O blog conversou novamente com Queiroz hoje (na sexta-feira já havia entrevistado ele para matéria publicada no Diário do Pará). Em resumo o deputado disse o seguinte:

Apesar de tornar públicas as insatisfações, até agora, ninguém do PT ou do governo entrou em contato com ele.

Para Queiroz, isso prova que o PT está “se achando auto-suficiente”.


“Talvez não precisem mais de apoios políticos”, ironizou anunciando:

“Vamos fazer campanha solo. Não temos mais como sair da coligação, mas vamos tocar a nossa campanha independente. Levaremos os nossos nomes mais sem maiores compromissos (com a chapa majoritária de Ana Júlia)”.

O blog indagou se isso significava que nos palanques do PDT não seria lembrado o nome da candidata ao governo e de Paulo Rocha, candidato ao Senado. Queiroz confirmou:

“Se continuar como está, é assim que vamos proceder”.

O PDT ocupa hoje a direção da Ação Social Integrada ao Palácio do Governo (Asipag) - braço mais assistencialista do Estado - e alguns cargos nas regionais do Detran no interior, assumidos após o acordo.

Os cargos foram colocados à disposição:

“O governo vai se sentir à vontade para demitir quando quiser”.

Giovanni Queiroz diz que a paciência acabou porque já “falou muito, reclamou muito”


Para que não restem dúvidas, arrematou:

“Estamos nos afastando do processo.”

Por processo, entenda a campanha de Ana Júlia Carepa.

Arrependimento?

Perguntei ao deputado se ele estava arrependido de ter optado por coligar com Ana Júlia em detrimento da chapa tucana de Simão Jatene, Queiroz garantiu que não, mas não descarta mudar de lado durante a campanha:

“Não tem arrependimento. Fizemos o que achávamos melhor para o partido e tínhamos uma recomendação do Diretório Nacional, mas ao longo da campanha, podemos mudar de rumo”. 
blog da reporter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário