17 de outubro de 2010

IBOPE: JATENE 60, ANA JÚLIA 40

O candidato da coligação Juntos com o Povo ao governo do Pará, Simão Jatene (PSDB), abriu uma vantagem de 800 mil votos sobre sua adversária da coligação Acelera, Pará, Ana Júlia Carepa (PT), segundo pesquisa do Ibope divulgada hoje pela TV Liberal e registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE).
Nos votos válidos, descontados brancos e nulos, Simão Jatene abriu uma vantagem de 20 pontos percentuais: 60 x 40. Na pesquisa incluindo brancos, nulos e indecisos, Simão Jatene tem 54% contra 36% de Ana Júlia - 18% de vantagem.
Simão Jatene venceu o primeiro turno com 48,9% dos votos, contra 36% para Ana Júlia Carepa, uma diferença superior a 450 mil votos. Dos 15% de elitores que se dividiram entre as demais candidaturas, 11% optaram por votar em Jatene e apenas 4% foram para Ana Júlia.
Faltam duas semanas para a eleição.

Jatene 60, Ana Júlia 40


Pesquisa Ibope encomendada pela TV Liberal aponta Simão Jatene (PSDB) com 54% das intenções de votos válidos no segundo turno para o Governo do Pará, contra 36% de Ana Júlia Carepa (PT), e votos em branco/nulos 5%, mesmo percentual de eleitores indecisos.
60% das intenções de votos válidos (excluídos brancos, nulos e indecisos) são de Jatene, contra 40% de Ana Júlia. 

Foram realizadas 812 entrevistas em 40 municípios, com eleitores com mais de 16 anos, escolaridade da 4ª à 8ª série do ensino fundamental, ensino médio e superior, entre os dias 13 a 15 de outubro.

Para presidente os candidatos aparecem tecnicamente empatados: Dilma Rousseff (PT) com 47%, contra 46% de José Serra (PSDB), votos brancos/nulos 3%, e 4% indecisos. Considerando apenas os votos válidos, a petista e o tucano aparecem com 50% das intenções de voto cada um.
O índice de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos, sobre os resultados para governador e presidente.
A pesquisa está registrada no TRE-PA sob o nº 18823/2010 e no TSE sob protocolo nº 35857/2010. 
Postado por Ronaldo Brasiliense   em O ppParaense

Nenhum comentário:

Postar um comentário