30 de novembro de 2010

ONDE ESTÁ O DINHEIRO DOS EMPRÉSTIMOS?

Durante o mandato de Ana Júlia Carepa (PT/DS) como governadora do Pará, o Estado contraiu empréstimos superiores a R$ 2 bilhões. Mas o que se vê, três anos, dez meses e 29 dias depois, é que muito pouco foi feito no Pará, em termos de infraestrutura, no governo petista.

A pergunta que não quer calar e que deve ser esclarecida pelas equipes de transição entre os governos de Ana Júlia e Simão Jatene (PSDB): Onde está o dinheiro?

Com dois bilhões de reais daria para construir oito obras como a Alça Viária - com três grandes pontes de concreto - ou mesmo 20 centros de convenção como o Hangar.

Mas onde estão as obras do governo Ana Júlia em todo o Estado? No Programa Navega Pará, de inclusão digital? No Programa Bolsa-Trabalho? Qual grande hospital foi construído nos últimos quatro anos? Qual escola de grande porte foi feita? Qual rodovia foi asfaltada em sua plenitude?

Com a palavra - para o dever de resposta - a governadora Ana Júlia Carepa e seu coordenador da transição, o secretário de Governo Edilson Rodrigues.

Nota pinçada do blog do cientista político Edir Veiga

"Jatene encontrará um estado com novas dívidas, só de novos empréstimos foram dois bi e quatrocentos milhões. Não sabemos ao certo, quanto deste valor foi destinado a investimento em infra-estrutura econômica, o que poderá gerar retorno em médio prazo.

Creio que o povo do Pará precisa saber como estes recursos foram gastos. Não estou preocupado em especular sobre nenhuma dimensão de "desvios", mas sim, quero saber quanto deste recurso foi em direção de gastos fixos e permanentes e quanto foi destinado para investimento estratégicos para a economia do estado.

Creio que a governadora em mandato findante e ou, o novo governador, devem informar, ao povo do Pará, sobre o destino deste empréstimo bilionário, que será pago pelo povo do Pará, nos próximos trinta ou quarenta anos.

Fonte: www.bilhetim.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário