24 de novembro de 2010

Vereador preocupado com o débito da prefeitura


O vereador Erasmo Maia (DEM), na tribuna mostrou-se preocupado com o débito da prefeitura e que segundo ele, está aumentando a cada dia.
O vereador disse que fez uma relação entre o orçamento aprovado pela Câmara, em torno de R$ 460 milhões, “mas que na realidade executado ele chega a pouco mais de R$ 200 milhões”, assegura.
“Quando se trata de pessoal, o município está no limite máximo, praticamente já extrapolando esse limite e isso também nos preocupa, por que   já está chegando em 53,5%”, descreve.
O vereador assegura que o volume gasto com pessoal até agosto é em torno de R$ 128 milhões, “quando nós temos dados que no orçamento do município deste ano, o investimento não chegou a 50% desse valor.
“A avaliação é que há uma falta de cuidado com esses recursos e parece estar sem controle na questão do pessoal da prefeitura e para justificar as demissões que irão acontecer, por determinação ou não do Ministério Público, terão que ser feitas por estar no limite da lei e se ultrapassar o número limite a gestora é passivel de responder na justiça, por conta desse cuidado”, observa.
Erasmo diz não ter dúvida que dá para administrar o município de Santarém, sem o número exorbitante de temporários. “A maioria deles trabalha, mas, no entanto executam suas funções de forma desordenada e nós acreditamos que com a organização da gestão é possível produzir muito mais e atender áreas como a saúde que está com o atendimento precário”, avalia.
“É possível chamar todos os concursados, porque na relação de contratados são mais de 4.200, só na educação são 1.300, é possível fazer tudo isso, sem ferir a Constituição, a Lei Orgânica e fazendo uma gestão eficiente”, recomenda. 
Fonte:ASCOM/CMS

Nenhum comentário:

Postar um comentário