26 de janeiro de 2011

Com liberação, empresa pode iniciar preparativos para iniciar Belo Monte


A autorização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para o canteiro de obras da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu (PA), vai permitir que a empresa Norte Energia, responsável pelo empreendimento, inicie a preparação de energia elétrica e tratamento de água, além da construção dos alojamentos dos trabalhadores e das estradas de acesso ao local das obras.

Para o conselheiro da Norte Energia, José Ailton de Lima, apesar de aguardar a liberação do Ibama desde outubro do ano passado, a autorização dada hoje (26) pelo órgão ambiental pode ser considerada positiva. “Com isso temos condições de começar as tarefas iniciais que são necessárias para preparar o terreno para, quando a licença de instalação sair, podermos de fato tocar a obra de verdade, fazer as escavações para o canal, os vertedouros e a barragem principal”.

Segundo ele, o contrato de concessão prevê a liberação da licença de instalação, que permite o começo das obras de construção da hidrelétrica, até o dia 31 de março. 

Lima diz que toda a documentação para a liberação do canteiro de obras foi entregue em setembro do ano passado. “Nós gostaríamos de ter tido a autorização antes, a nossa previsão era ter essa licença inicial no fim de outubro. Não tivemos isso plenamente atendido, mas agora tivemos um certo ganho”.

Em nota, a Norte Energia informou que, durante o processo de licenciamento, considerou todos os aspectos socioambientais relacionados à construção da usina e manteve interlocução permanente com as comunidades diretamente envolvidas com o empreendimento, especialmente as  comunidades indígenas que vivem próximas às obras. “Todos os esforços foram e continuam a ser feitos para conhecer as expectativas da população e proporcionar as compensações esperadas de um empreendedor responsável,comprometido com o bem-estar da comunidade e com o desenvolvimento sustentável da região, do Pará e do Brasil”, diz a empresa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário