17 de fevereiro de 2011

Professores municipais deflagram GREVE

Reunidos hoje (17/02) na sede do sindicato, após algumas conversações com o governo, a assembleia decidiu pela GREVE. Na tentativa de evitar a paralisação a comissão de negociação SINPROSAN reuniu com representantes do legislativo santareno, onde na ocasião, foi colocado toda situação em torno do reajuste da tabela de vencimentos, mas Segundo Sebastião Dantas as negociações não avançaram, pois a única proposta do governo é criar uma comissão para estudar a reformulação do plano de cargos e carreira do magistério, o que não foi aceito pelos professores.
Os professores da rede municipal de ensino estão em estado de greve desde a ultima segunda-feira (14) e reivindicam do governo o cumprimento do artigo 64 do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração do Magistério, que segundo informações da categoria esta defasado desde 2009.
O sindicato dos professores rebate a nota de esclarecimento da prefeitura municipal e a versão do governo de que estão reivindicando aumento de salários, pois reconhecem que a data base e no mês de maio.
Pela decisão em assembleia, realizada hoje, a categoria entra em greve por tempo indeterminado a partir de Terça-feira e de acordo com a decisão da maioria só uma negociação com o governo ou uma determinação da justiça podem fazer com o que os professores voltem para a sala de aula.

Nenhum comentário:

Postar um comentário