31 de março de 2011

Ratos silvestres atacam em Santarém

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) em Santarém está monitorando os ataques de ratos silvestres a plantações em comunidades da região de várzea. Segundo um primeiro levantamento, nos últimos meses foram registrados ataques por esses roedores em Aritapera, Ituqui e Tapará.
Plantações de milho, melancia e até mudas de açaí foram as que mais sofreram. A preocupação é porque além de destruírem as plantações, os ratos silvestres podem transmitir graves doenças como a hantavirose, enfermidade aguda que pode levar à morte.
HANTAVIROSE
Febre alta, dores musculares, dor de cabeça, náusea e vômitos, tosse, tontura e dificuldade para respirar são sintomas da doença. (Diário do Pará)

Nenhum comentário:

Postar um comentário