24 de abril de 2011

Chuvas e estragos no Mapiri

Da leitora que se assina Alesandra Dyana Branches da Silva, pelo e-mail do blog:
Caro Jeso,
Venho por meio deste singelo e-mail pedir que você post as fotos clicadas aqui no bairro do Mapiri na manhã deste domingo de Páscoa (24/04). É muita indignação. Sensação de impotência.
Infelizmente estas fotos não conseguem mensurar os prejuízos causados aqueles moradores. Dezenas de famílias desabrigadas mais uma vez. Pessoas humildes, crentes que as obras do PAC iniciadas desde 2009 fossem sanar no mínimo parte do sofrimento daquele povo. Eles não suportam mais.
Mapiri
Por que as obras estão paralisadas? Querem uma satisfação. Que projeto é esse que não deixa espaço para a água da chuva escoar? Os moradores tiveram que quebrar o concreto com simples ferramentas para retirar a água. A Secretaria de Infraestrutura só mandou as máquinas da prefeitura horas depois.
Enquanto isso, pobre dos ouvidos daquela sra. chamada de Baiana. Ouviu de tudo e um pouco. Espero que leve com toda a intensidade o clamor da população ao seus chefes. É muito sofrimento e muita promessa. Chega!
Queremos providências. Cadê os nossos vereadores? É um simples apelo.
Mapiri

Nenhum comentário:

Postar um comentário