22 de junho de 2011

Santarém: Parabéns minha Pérola do Tapajós pelos 350 anos

Parabéns minha Pérola do Tapajós pelos 350 anos
Terra Querida
 Wilson Fonseca

1.

Minha terra tão querida,

Meu encanto, minha vida,

Santarém do meu amor,

Deus te deu tanta riqueza,

Enfeitando a natureza,

Que inspira o teu cantor.


Que saudade a gente sente,

Quando está da terra ausente!...

Dá vontade de chorar...

Vê-se o rio cristalino,

"Rocha-Negra" e "Diamantino"

Desfilando no pensar!...

Refrão:

Quando à noite a lua cheia

Vem brilhar na branca areia

Da formosa "Salvação",

O cantor daz serenata,

Entre o rio e a verde mata,

Ponteando o violão!...


E se a noite está serena

Vai cantando até a "Lorena"

Que saudade isto me traz!...

Recordando os teus encantos

Dos meus olhos correm prantos.

Recordar é sofrer mais.
2.

Vi em sonhos encantados

Teus eternos namorados:

Amazonas, Tapajós,

Paralelos no caminho,

Disputando o teu carinho

Numa luta tão feroz.


"Ponta-Negra" entre os dois rios

Tem suaves amavios

Que eu recordo a soluçar...

Santarém fica defronte,

E as catraias formam ponte

Que ao "Trapiche" vai chegar!...

Nenhum comentário:

Postar um comentário