21 de julho de 2011

Comitê Pró-Tapajós é criado em Manaus

                                                               Fotos: Régis Balieiro (*)
Comitê Pró-Tapajós em Manaus
Francisco Lopes discursa no inauguração do comitê em Manaus
por Regis Balieiro (*)
Cerca de 50 pessoas participaram do evento de criação do Comitê pró-Tapajós em Manaus, realizado na manha de ontem (20), na Aleam (Assembléia Legislativa do Amazonas).
Presentes no ato, associações de paraenses radicados em Manaus, o coordenador do plebiscito pela criação do Estado do Tapajós, professor Edivaldo Bernardo; Francisco Lopes, coordenador da pasta de Integração Regional de Santarém; os deputados Sinésio Campos (PT), Josué Neto (PMN) e o prefeito de Apuí, Marcos Macil, do PSB.
Os políticos que estiveram presentes na cerimônia foram unânimes em declarar apoio ao movimento, e se colocaram à disposição para ajudar a causa que, segundo eles, será melhor para os 27 municípios que farão parte do novo estado, assim como também para o país que dará a chance e possibilidade de distribuição de renda.
Durante o evento foi feita a escolha de 15 pessoas que comporão a diretoria do comitê e que trabalharão nas estratégias a serem realizadas no Amazonas. Já está marcada para a próxima quarta-feira (27), uma nova reunião para definir a visita aos locais onde há grande concentração de paraenses.
Comitê Pró-Tapajós em Manaus
Após essa mobilização, o plano é realizar pequenas palestras em feiras, praças e outros locais, como o porto onde atracam dezenas de embarcações que fazem linha para diversos municípios do oeste do Pará.
O objetivo da fundação do comitê em Manaus é fortalecer a mobilização assim como também atender a demanda de paraenses que residem na capital amazonense, já que o último levantamento feito pelo IBGE aponta mais de 300 mil pessoas oriundas de municípios do Pará, e que grande parte delas ainda desconhecem o tema da redivisão territorial do Pará.
- – - – - – - – - – - – - – - – - – - – - – - – - – - – - -
* Nascido em Oriximiná, é jornalista e membro do Comitê Pró-Tapajós em Manaus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário