4 de novembro de 2011

MARINA SILVA DEMONSTRA SIMPATIA PELA CRIAÇÃO DO TAPAJÓS


A ex-ministra Marina Silva disse, nesta sexta-feira, que a criação do Estado do Tapajós, hoje parte do Pará, não deve ser "desconsiderada a priori". A ex-senadora do Acre afirmou que a demanda dos moradores da região pela criação de um Estado independente de Belém é antiga e se assemelha à dos habitantes do Tocantins.

"[A criação do Estado de Tapajós] é uma questão relevante, que precisa ser bem olhada. É uma demanda antiga e o Pará tem dimensões continentais", afirmou. "Não conheço a realidade dos demais Estados [Carajás e Pará] mas, no caso do Estado de Tapajós, deve ser melhor debatido e considerado, pois é muito parecido com o Estado do Tocantins."

Os moradores do Pará vão escolher em plebiscito no próximo dia 11 de dezembro se são favoráveis ou contrários à separação do Estado em três: Tapajós (com capital em Santarém), Carajás (capital em Marabá) e Pará (com a capital em Belém).

Marina evitou dizer-se favorável à repartição, mas enfatizou que o Estado do Pará, como é muito grande, possui "regiões isoladas".

Nenhum comentário:

Postar um comentário