9 de novembro de 2011

Vereadores denunciam descaso do INCRA com planalto santareno

Jailson do Mojui, José Maria Tapajós e Valdir Mathias, pedem presença do órgão, na Câmara Municipal

Jailson do Mojui, José Maria Tapajós e Valdir Mathias
O descaso em que se encontra a região do planalto santareno fez com que os vereadores Valdir Matias Júnior (PV), Jailson do Mojui (PSDB) e José Maria Tapajós (PMDB), cobrassem a presença da direção do INCRA na Câmara, para dar explicações sobre a omissão do órgão com os ramais do Município, que de um modo geral estão intrafegáveis, prejudicando os assentamentos. 
O vereador Valdir Matias disse que tem recebido na Câmara, produtores rurais, agricultores, colonos e outros, que cobram um melhor atendimento do INCRA no Município. Para o parlamentar, o INCRA muito pouco tem feito pela região do Tapajós. “O INCRA tem que ajudar a viabilizar os equipamentos públicos, porque se não ajudar a construir o ramal de acesso à comunidade, fica difícil”. Observou o Vereador do PV.
O vereador Jailson do Mojui teve requerimento assinado por todos os pares presentes na Câmara, que pede uma sessão especial para o dia 29 de novembro, com a presença da direção do INCRA, quando vão discutir soluções para os assentamentos que dependem dos ramais.
O presidente da Câmara, José Maria Tapajós, disse que o Poder Legislativo está cobrando do INCRA, o que lhe é de responsabilidade, que são as regiões de assentados. Tapajós deixa claro que a Prefeitura está fazendo um trabalho que é de competência do INCRA, no caso da recuperação dos ramais.  
“Estamos pedindo uma conversa com o INCRA, para que seus dirigentes possam nos informar, do porque não ter assumido esta responsabilidade nas regiões do Lago Grande e Eixo forte, que é a recuperação dos ramais. Foram colocados 11 micros sistemas na região de Arapixuna, mas não foi feita a rede de distribuição da água, que é de responsabilidade do INCRA”, denuncia Tapajós.
Fonte: Blog do Colares

Nenhum comentário:

Postar um comentário