1 de dezembro de 2011

IPEA NÃO LEGITIMA ESTUDO DE ROGÉRIO BOUERI

Visto que ontem no Jornal Nacional uma matéria sobre o Pará e em detalhe sobre o plebiscito, onde foi apresentada entrevista do Dr. Rogério Boueri que disse que em seu estudo o Estado de Carajás nasceria com um deficit superior a 1 bilhão de reais onde a matéria apresentou arte para ilustrar a matéria que cita como a fonte dos dados o IPEA, o Dr. Giovanni Queiroz entrou em contato hoje com o Sr. Marcio Pochmann do IPEA solicitando um posicionamento deste sobre a utilização do nome do IPEA legitimando o estudo do Sr. Rogério Boueri e obteve resposta que se encontra detalhada abaixo enviada pela assessoria de comunicação deles através do Sr. Fabio de Sá e Silva (Técnico de Planejamento e Pesquisa, Chefe de Gabinete da Presidência - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, IPEA, SBS - Quadra 1, Bl. J, Ed. BNDES, 15º andar, Sala 1503 - CEP: 70076-900 - Brasília-DF, Email: fabio.saesilva@ipea.gov.br e Telefone:             (+55 61) 3315-5276      ) e do Sr. João Claudio Garcia Rodrigues Lima (Assessoria de Comunicação, Ipea), como demonstram a seguir as cópias de emails:


"Senhor Chefe de Gabinete,
Como consta do próprio documento que consubstancia o estudo produzido pelo Técnico mencionado, “As opiniões emitidas nesta publicação são de exclusiva e inteira responsabilidade do(s) autor(es), não exprimindo, necessariamente, o ponto de vista do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada ou da Secretaria de Assuntos Estratégicos”. O Ipea é uma instituição plural, que abriga várias visões sobre os temas que se dispõe a estudar.
Atenciosamente,
João Claudio Garcia Rodrigues Lima
Assessoria de Comunicação, Ipea"

Nenhum comentário:

Postar um comentário