23 de dezembro de 2011

MAIS UMA VEZ A UNIÃO VENCEU!

Os Políticos da região Oeste do Pará trabalharam unidos para que a Presidente Dilma Rousseff vetasse o PL 1669/2011 que reestabelecia o antigo fuso horário na região. Pela proposta, a região oeste do Pará teria seu horário atrasado em uma hora em relação a Belém e a Brasília.


Anteriormente nosso horário era uma hora a menos que Brasília. Em 2008, uma Lei unificou o horário da região ao horário da Capital Federal.  Naquela oportunidade houve uma enorme resistência da população mas, passados 3 anos, nossa população já se adaptou ao novo horário obtendo inclusive benefícios com relação a programação de TV, horários de voos, horário bancário nacional, dentre outros. Sabemos que ainda existem alguns problemas a serem resolvidos, como por exemplo, o horário escolar, porém, através de uma simples mudança administrativa a ser implementado pelas Prefeituras da região, a carga horária escolar pode ser alterada, iniciando e terminando um pouco mais tarde em relação ao horário atual.

A decisão de vetar o projeto integralmente se baseou na “contrariedade ao interesse público”.

Segundo o despacho do Vice presidente Michel Temer nas razões do veto, “Da forma como redigido, o projeto de lei não permite a apreciação individualizada das alterações propostas aos fusos horários nos Estados do Acre, do Amazonas e do Pará, impedindo a apreciação da matéria face às realidades locais de cada um dos entes afetados“, o que comprova que a emenda apresentada pelo Senador Flexa Ribeiro foi que prejudicou o projeto de nossos irmãos acreanos, pois a mesma contaminou o projeto.

Assim como ocorreu no plebiscito, essa é mais uma vitória da unidade da região Oeste do Pará.


Brastra.gif (4376 bytes)

Presidência da República
Casa Civil
Subchefia para Assuntos Jurídicos
MENSAGEM Nº 593, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2011.
Senhor Presidente do Senado Federal, Comunico a Vossa Excelência que, nos termos do § 1º do art. 66 da Constituição, decidi vetar integralmente, por contrariedade ao interesse público, o Projeto de Lei nº 1.669, de 2011 (nº 91/11 no Senado Federal), que "Altera o art. 2º do Decreto nº 2.784, de 18 de junho de 1913, para restabelecer os fusos horários do Estado do Acre, do Estado do Pará e do Estado do Amazonas".
Ouvida, a Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República manifestou-se pelo veto ao projeto de lei, pela seguinte razão:
Razão do veto
"Da forma como redigido, o projeto de lei não permite a apreciação individualizada das alterações propostas aos fusos horários nos Estados do Acre, do Amazonas e do Pará, impedindo a apreciação da matéria face às realidades locais de cada um dos entes afetados."
Essa, Senhor Presidente, a razão que me levou a vetar o projeto em causa, a qual ora submeto à elevada apreciação dos Senhores Membros do Congresso Nacional.
Este texto não substitui o publicado no DOU de 21.12.2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário