9 de janeiro de 2012

Foragido da Justiça de Santarém preso em Manaus


Alessandro (Canibal) e Adalgisio confirmaram participação no furto de uma residência

Alessandro (Canibal) e Adalgisio
Policiais civis da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd) prenderam no último dia 04, Alessandro Marques Bentes, o “Canibal”, 35, foragido do Sistema Prisional do estado do Pará, onde cumpria pena por roubo, e o pedreiro Adalgisio Figueira Mota, o “Tiozinho”, 49, já possui passagem pela Polícia, nos estados do Pará, Rondônia e Roraima, com nomes falsos. Os acusados foram presos em flagrante, em via pública, no bairro Petrópolis, zona Sul, em um veículo Gol, preto, placa JXW-8868, por uso de documento falso e indiciados pelo crime de furto.
Segundo o delegado titular da especializada, Orlando Amaral, eles estavam sendo investigados desde o dia 1º deste mês, data do fato, logo após o registro de ocorrência, feito pela vítima, um comerciante do bairro Lírio do Vale. A equipe de investigação conseguiu identificar o carro usado pelos assaltantes, um Pálio, prata, placa JXG-8675, de propriedade da namorada de Alessandro, que informou em termo de declaração, que tinha emprestado o veículo para seu namorado. O delegado informou ainda que há um outro suspeito, identificado por “Bruno”, não localizado.
A residência, localizada no bairro Lírio do Vale 2, zona Oeste, teve uma das paredes arrombada. Foram levados vários objetos pessoais, documentos, duas TVs de LED, 44” e 42”, dois notebooks, um DVD, uma máquina fotográfica digital, uma máquina filmadora, um cofre, jóias, roupas e calçados. A equipe da especializada recuperou as duas TVs, o cofre, um aparelho de DVD e a picareta utilizada para quebrar a parede.  
Em depoimento, Alessandro informou que está em Manaus há seis meses, é natural de Santarém-PA, fugiu de Belém, onde cumpria pena por roubo. Declarou que sabia que não tinha ninguém na casa, mas, não informou como conseguiu a informação. Adalgísio declarou que eles não tinham premeditado o furto, e foi ele que quebrou a parede.
Alessandro e Adalgisio foram presos em flagrante por uso de documento falso e indiciados pelo crime de furto. Eles foram encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, Centro.
Fonte: RG 15/O Impacto e Ascom-PC/AM

Nenhum comentário:

Postar um comentário