27 de fevereiro de 2012

Médico é denunciado na Câmara Municipal de Santarém



 O médico Kalil Kizan, que atua no Pronto Socorro Municipal, foi alvo de denúncia na sessão desta segunda-feira, 27/12/2012, acusado de tratar mal as pessoas que o procuram. 

A vereadora Marcela Tolentino (PDT), foi a primeira a usar a Tribuna e denunciar o médico. Ela disse que o profissional será convocado pela Câmara para se explicar aos parlamentares. “Ele não tem uma postura exemplar, que todo profissional de saúde tem que ter”. Define. Acrescentando ser inadmissível e estar ficando insustentável, tantas denuncias do mau tratamento que o médico dá as pessoas.  

O vereador Gerlande Corrêa Castro e seu colega de partido Mauricio Corrêa, ambos do PSD, endossaram a denuncia da vereadora e mostraram-se solidários com ela. Gerlande disse que já passou por constrangimentos causados pelo médico e afirmou que o fato foi testemunhado pelo vereador Carlos Jaime, que estava próximo, no momento. “Nós que temos mandato, somos tratados da forma, como somos, como é que esse médico atende a população em geral do nosso município”?Interroga Gerlande. 

O vereador Reginaldo Campos (PSB), solidarizou-se com a população de Santarém, “quando é destratada por funcionários públicos que estão recebendo para dar o atendimento devido e no seu oficio, que devem dar essa atenção, não estão fazendo a contento”. Observa.  

O vereador Jailson do Mojui (PSDB), também manifestou apoio a vereadora Marcela Tolentino. “Os médicos são funcionários públicos, portanto funcionários do povo, a função é atender bem, se o vereador é destratado, imaginem o cidadão comum”. Avalia. 

O vereador Valdir Matias (PV), pediu um melhor atendimento, principalmente dos médicos que servem no Hospital Municipal. “Alguns deles tratando mal a população, a gente lamenta isso”. 
Valdir Matias aproveitou o espaço da Tribuna, para registrar a construção do Posto de Saúde do bairro Interventoria, que segundo ele, é uma antiga luta sua e demais lideranças do bairro, que ele acredita vai melhorar a qualidade de vida da população.

O Vereador Erasmo Maia(DEM), em aparte ao seu colega de partido Henderson Pinto que também questionava os maus tratos do Médico em tela, pediu a demissão do mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário