11 de março de 2012

Com R10 expulso no 1º tempo, Fla bate o Flu no Engenhão


Ronaldinho precisou de 12 jogos para fazer um gol em clássico carioca. Neste domingo, enfim, desencantou em cobrança de pênalti. O camisa 10, no entanto, recebeu o seu primeiro cartão vermelho em um duelo regional – aos 39 da etapa inicial. Porém, mesmo com a oscilação do astro, o Flamengo resistiu à pressão do time misto do Fluminense e venceu por 2 a 0. Kleberson, que não atuava pelo Rubro-Negro desde novembro de 2010, fez o outro gol do clássico.
No centenário do Fla-Flu, o duelo deste domingo, o primeiro do ano, apresentou times desfigurados no Engenhão (pouco mais de 14.753 presentes), mas teve um grande personagem. O goleiro Paulo Victor brilhou e impediu a reação do Tricolor com mais de uma dezena de defesas arrojadas.
Após três rodadas na Taça Rio, o Flamengo pula para os seis pontos no Grupo A e está na quarta posição. O Macaé lidera com nove, e o Botafogo tem sete. Por sua vez, mesmo com apenas três pontos, o Fluminense está em terceiro na chave B – o Vasco lidera.
Neste meio de semana, os rivais se dedicam à Libertadores. O Fluminense recebe o venezuelano Zamora na quarta e no dia seguinte o Flamengo joga contra o paraguaio Olimpia. Os dois jogos serão no Engenhão.

Ronaldinho para o bem e para o mal
Sem jogar pelo Flamengo desde 20 de novembro de 2010, Kleberson foi a novidade na escalação inicial de Joel Santana. O treinador também deu a primeira chance a Thomás e poupou o lateral-esquerdo Junior César – Magal o substituiu. O técnico tinha nove desfalques: Felipe, Léo Moura, Welinton, Airton, Maldonado, Willians, Camacho, Bottinelli e Renato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário