18 de abril de 2012

Poeta Zaqueu Cunha: Poemas que falam por mim

PESCADOR DO RIO BARRENTO

Vou remando muito lento
Vou remando contra o vento
Amazonas rio barrento.

A pescaria é a minha alegria
O sol quente é o sofrimento
Tudo isso vale a pena quando
Conseguimos o nosso sagrado alimento.

Vou para casa sem tristeza
E agradecendo a Deus pela
Minha simples farta mesa.

À noite a oração em união
Pedindo o perdão, pelo
Pelo nosso sagrado coração
Obrigado meus Deus, pelo nosso pão.

Zaqueu Cunha - Poeta Popular - Morador do bairro do Urumari em Santarém do Pará, onde a partir de hoje este Blog vai divulgar o seu trabalho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário