19 de maio de 2012

Caravana Pro Paz forma 12 agentes ambientais em Almeirim


A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) formou 12 agentes ambientais no município de Almeirim, no oeste paraense, durante a Caravana Pro Paz Cidadania Presença Viva, que chegou à região na quarta-feira (16). Durante três dias, os novos agentes foram capacitados com conteúdos teóricos e práticos, por meio de palestras e oficinas ministradas pela equipe da Sema. A entrega dos certificados aconteceu na Escola Mendonça Furtado, na tarde desta sexta-feira (18), último dia da Caravana no município.
A capacitação dos agentes foi realizada em parceira com as secretarias municipais de Meio Ambiente (Semma) e de Educação (Semed). “Quando chegamos aqui o município já havia iniciado essa formação. A partir de agora, eles são multiplicadores formados e certificados para o trabalho na área de educação ambiental”, informou a coordenadora da Sema, Graciete Nogueira.
Durante a capacitação, os agentes receberam muitas informações nas áreas de sustentabilidade e geração de emprego e renda. O objetivo, segundo Graciete, foi mostrar que a educação ambiental pode se.r trabalhada não só nas escolas, como em toda a comunidade. “A orientação é feita de várias formas, desde como eles podem ministrar palestras e realizar articulações, até como desenvolver dinâmicas e ministrar oficinas para crianças e adolescentes”, explicou.
Oficina – Além da formação dos agentes, a Sema mobilizou os professores da rede pública em Almeirim para a oficina “Consumo sustentável, geração de emprego e renda”. Durante a atividade, a equipe ensinou como transformar caixas, garrafas de plástico, vidros, latas e copos em objetos decorativos e utilitários.
Em Almeirim, participaram da oficina 55 professores. A meta é que, a partir de agora, eles também se tornem multiplicadores da atividade nas escolas onde trabalham. Somadas às palestras ministradas nas escolas, a ação da Sema no município abrangeu cerca de 200 alunos. Durante a ação, os alunos aprenderam sobre temas como destinação do lixo, desmatamento, sustentabilidade e recursos hídricos.
Agência Pará de Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário