29 de junho de 2012

Everaldo: " Governador vai ter que engolir Lira Maia"

Everaldinho diz que não se surpreenderá se Lira Maia se lançar candidato a Prefeito

Everaldinho diz que não se surpreenderá se Maia se lançar candidato a Prefeito
 A exemplo do que aconteceu em Juruti, que vai apoiar Marquinho (PSD), pode acontecer do PT santareno  apoiar o candidato de outro partido, nas eleições majoritárias? Essa possibilidade, conforme afirmou Everaldo Martins, está afastada: “De certeza absoluta, Inácio Corrêa é o candidato do PT em Santarém. Agora, pretendemos ampliar essa aliança com maior número possível de partidos, a partir da base atual do governo municipal”, destacou o Secretário de Planejamento. Por outro lado, o deputado federal Joaquim de Lira Maia (DEM) explica porque seu partido tomou a decisão antecipadamente em lançar o deputado estadual Alexandre Von como candidato apoiado por seu partido: “O deputado Alexandre Von antes de ser político é um técnico competente; todos comentam sobre o Alexandre Von, mas ninguém até hoje me disse que o deputado Alexandre é corrupto, safado, ladrão ou incompetente. Baseado nisso eu acredito que estamos oferecendo para Santarém o melhor, em termos de governabilidade”, disse o deputado Lira Maia.
O Deputado Federal santareno disse que na política santarena nada mais o surpreende: “Como eleitor, é lógico, eu não votaria no PT, todo mundo sabe disso. Mas se eu fosse do PT, eu não colocaria um candidato (Inácio Corrêa), que não passa de 6% ou 8% nas pesquisas, eu acho que é arriscado, mas isso é decisão do PT e não posso de forma alguma dar minha opinião sobre esse assunto”, disse Lira Maia. “Eu não me surpreendo, de forma alguma, se houver uma coligação entre PT e PMDB; nem se o PT for vice do PMDB, o inverso eu acredito que seja difícil de acontecer”, afirmou Lira Maia.
O secretário de governo Everaldo Martins é taxativo: “No caso do deputado Lira Maia, se não for aceita pelo governador Jatene a vice que ele está oferecendo, ele se lança candidato. Maia não vai apoiar a candidatura do deputado Alexandre Von, todo mundo sabe disso”, declarou Everaldo Martins. “Ele está empurrando sua irmã (Maria José Maia) na marra, como vice do Alexandre e o Jatene vai ter que engolir atravessadíssimo esta decisão”, informou. Everaldo afirma que “não existe certeza se até o último dia das convenções permanece esta chapa, aparentemente trombando com o governo do Estado que gostaria de ver uma outra chapa com candidatura a vice, com nomes que fossem do PSD, com quem o Governador tem muito mais identificação, e não do PSDB  somente com o DEM, todos sabem disso. Eu também não me surpreendo se Lira Maia se lançar candidato a prefeito e Santarém”, afirmou.
Lira Maia diz que: “Embora a população tenha pressionado, com todos achando que deveria ser diferente, mas há cerca de dois anos, desde a eleição passada, nós informamos à população que o candidato seria o deputado Alexandre Von e o vice naturalmente deveria ser do DEM. A decisão foi tomada, agora estamos conversando com outros partidos, no sentido de conduzir esse processo, agregando o maior número de siglas possíveis; de qualquer maneira, dando uma eleição tranqüila ao Alexandre, se Deus quiser”, confirmou Maia.
Por: Carlos Cruz

Nenhum comentário:

Postar um comentário