12 de novembro de 2012

Emater elabora diagnóstico em comunidade atingida por vendaval em Santarém



Por: Iolanda Lopes*

Técnicos da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), em Santarém, oeste do estado, estão na comunidade do Tabocal, na BR-163, para a realização de um diagnóstico junto às 80 famílias que foram afetadas por um vendaval ocorrido no último dia 09 de outubro. O fenômeno não causou vítimas. As perdas foram apenas materiais.

O diagnóstico já consegue identificar que pelo menos 40% da produção de hortaliças na comunidade, que é pólo de produção, foi comprometida. Algumas residências tiveram as estruturas abaladas e foram destelhadas, mas, cinco famílias tiveram a perda total de suas casas. A ideia é garantir o acesso desses agricultores familiares ao Crédito Emergencial no valor de 12 mil reais.

Segundo Dorivan do Vale, técnico da Emater, a situação que tem sido tratada como prioritária, também está sendo acompanhada pela Defesa Civil de Santarém e a câmara de vereadores do município. Ainda segundo dados da Emater, não se tem informações de outro fenômeno dessa natureza que tenha atingido qualquer comunidade em Santarém.

Para o acesso ao crédito a Emater, já elaborou os projetos que deverão ser financiados via Banco da Amazônia. Os projetos devem ser internalizados junto ao agente financeiro até o final desta semana. “Esperamos a liberação dos recursos o quanto antes. Nossa expectativa é que até o começo de dezembro estejamos retomando as atividades no Tabocal”, completou Vale.

*Jornalista - Assessora de imprensa da Emater/Pará





NOTA DO BLOG:

A Câmara Municipal de Santarém está sendo representada pelo vereador Erasmo Maia, que desde o início esteve apoiando os comunitários que sofreram perdas materiais com o vendaval que aconteceu na comunidade de Tabocal, Erasmo intermediou o apoio junto a Prefeitura de Santarém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário