8 de novembro de 2012

Vereadores e prefeito mirins tomam posse



O plenário da Câmara de Santarém foi palco na manhã desta quinta-feira, 08/11/2012, da solenidade de posse dos vereadores prefeito e vice-prefeita mirim, da escola Frei Ambrósio.

Vereadores José Maria Tapajós (presidente da Casa de Leis)- PMDB; Erasmo Maia e Henderson Pinto (DEM), Mauricio Corrêa e Gerlande Castro (PSD); Rogelio Cebuliski (PSB) e Ivete Bastos (PT), juntamente com os vereadores eleitos Junior Tapajós; Ronan Liberal Júnior; Giovani Aguiar e Nicolau do Povo, prestigiarem a sessão de posse. 

Os parlamentares Erasmo Maia e Marcela Tolentino, pronunciaram-se em nome do Poder Legislativo, enfatizando a importância do projeto e destacando o processo democrático. 

Evaldo Viana da Receita Federal e a diretora da Escola Frei Ambrósio Silvia Mourão, também fizeram uso da palavra, observando a valorização do projeto e na fala de Evaldo uma solicitação aos vereadores santarenos, que trabalhem em favor da climatização das escolas.  

Concordando com o que disse o vereador Erasmo Maia, Evaldo Viana defende um processo de parceria entre escolas e câmara, para o desenvolvimento da prática do parlamento e do executivo mirim nos educandários de Santarém. 

Para o presidente da Câmara José Maria Tapajós, a importância do Projeto baseia-se em fazer algo que a sociedade possa entender que o processo político eleitoral é de real valor em nossas vidas. 

"Nós temos que participar em todas as escolhas de nossos representantes e para que possamos ter consciência da valorização dessa escolha é interessante estarmos dentro do contexto do processo eleitoral, indo as urnas votar. Quando se trás para a escola, um debate como este elegendo alunos prefeito, vice-prefeito e vereadores, só temos que incentivar para que em breve tenhamos lideranças políticas jovens, preparadas desde o berço, que começa  a estudar a política no melhor local que é a escola", define.  
O presidente eleito e empossado da Câmara Mirim da Escola Frei Ambrósio, Aguinaldo Silva de Freitas, que deu posse ao prefeito Ronilson Cardoso e aos sete vereadores, disse encarar o processo como uma ajuda ao desenvolvimento do meio social e na política, "vemos nisso uma lição de vida, na construção de cidadãos e cidadãs, ajudando elevar ainda mais a política santarena", considera. 
A coordenação do projeto defende "A quinta Mirim". Ou seja, que todas as quintas-feiras, realize-se na Câmara de Santarém sessão do parlamento Mirim, proporcionando a jovens de outras escolas a estarem dentro da Câmara, fomentando fatos ligados ao interesse não só de seus educandários, mas da vida de seus bairros. 
Fonte: CMS

Nenhum comentário:

Postar um comentário