9 de julho de 2011

PARAENSES DO OESTE CRIAM COMITÊ PRÓ-TAPAJÓS


Comitê vai coordenar campanha na região metropolitana de Belém pela criação do Estado do Tapajós

Debates públicos sobre a criação do Estado do Tapajós e divulgação de informações bem fundadas sobre a viabilidade do projeto, como formas de convencimento da população da região metropolitana de Belém.

Esta é a principal estratégia adotada pelo Comitê Pró-Estado do Tapajós, criado, na noite de ontem, em Belém. Da reunião participaram 14 pessoas, todas oriundas de municípios do Oeste do Pará, região que pretende se emancipar para a criação do novo Estado.

Para isso, o comitê pretende, de imediato, munir-se de informações que o ajudem a subsidiar o planejamento das ações que serão realizadas na região metropolitana de Belém em favor do SIM no plebiscito de 11 de dezembro. Isso inclui a realização de uma pesquisa de opinião pública para, entre outras coisas, medir a percepção da população local sobre o projeto de emancipação e avaliar o grau de informações que esta tem sobre as vantagens deste aos moradores do Pará remanescente. 

"Nós apostamos no debate e na boa informação sobre o assunto. A nós não interessa mentiras nem argumentações preconceituosas, como aquelas apresentadas pelo advogado Sérgio Couto, na semana passada, em debate na Universidade Federal do Pará", afirmou Guilherme Marssena, líder de movimentos sociais.

O primeiro desses debates acontecerá na noite do dia 25 de agosto, em local a ser defininido. "Porque acreditamos na eficácia do bom debate como estratégia de convencimento, vamos convidar pessoas contrárias à divisão do Pará, mas pessoas que sejam sérias, preparadas ao bom debate, que qualifiquem a discussão", afirmou o advogado Pedro Paulo Sousa, um dos membros da coordenação do comitê.

Além de Pedro Paulo, integram a coordenação do comitê os jornalistas Dornélio Silva e José Maria Piteira, o empresário Chico Caçamba, o juiz federal Océlio Morais e Odair Corrêa, ex-vice-govenador do Estado.

Ao final da reunião, a coordenação fez contato com o presidente do Instituto Cidadão pela Criação do Estado do Tapajós (Icpet), professor Edivaldo Bernardo, para informá-lo sobre a criação do comitê. O Icpet será a entidade responsável pela coordenação geral da campanha pela criação do Estado do Tapajós. 

O comitê volta a se reunir no dia 4 de agosto, para seu lançamento formal.
Fonte: Blog do Piteira

Nenhum comentário:

Postar um comentário