5 de outubro de 2012

PEQUISA IBOPE MOSTRA ALEXANDRE VON COMO FUTURO PREFEITO DE SANTARÉM


Pesquisa IBOPE

Nova pesquisa Ibope sobre a corrida eleitoral em Santarém, no oeste do Estado, divulgada ontem, revela que o candidato Alexandre Von, do PSDB, continua na liderança com 40% das intenções de votos, um ponto a mais que na primeira pesquisa divulgada pelo Diário no dia 18 de setembro. 

A candidata do PT, Lucineide Pinheiro aparece em segundo lugar com 23%. Caiu quatro pontos em relação à pesquisaanterior, quando aparecia com 27%. José Maria Tapajós do PMDB é o terceiro colocado. Tem 12% das intenções de voto, um ponto a menos que no primeiro levantamento em que tinha 13%. Márcio Pinto do Psol e Rubson Santana do PSC aparecem empatados, em quarto lugar, com 9% das intenções de votos. Na primeira pesquisa Ibope, Márcio Pinto tinha 8% e Rubson, 5%. Os eleitores que disseram votar em branco ou nulo somaram 2%, mesmo percentual da pesquisa anterior. Os que ainda não sabem ou não responderam agora são 5%, um ponto percentual a menos que no levantamento divulgado no dia 18 de setembro quando 6% disseram ainda não saber em quem votariam. Esses são dados da pesquisa estimulada, aquela em que os nomes dos candidatos são apresentados aos eleitores. Os dados da primeira pesquisa foram coletados entre os dias 12 e 14 de setembro.

Para o estudo divulgado ontem, o Ibope ouviu 406 eleitores entre os dias 28 e 30 de setembro. A margem de erro é de cinco pontos para mais ou para menos A pesquisa Ibope em Santarém está registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo PA-00239/ 2012.

Na pesquisa espontânea, sem que os nomes dos candidatos sejam apresentados aos entrevistados, Von também aparece com 40% dos votos, dois pontos a mais que no levantamento anterior quando tinha 38%. Lucineide tinha 26%, caiu três pontos e agora tem 23%. José Maria Tapajós aprece com 12% mesmo percentual da pesquisa anterior. Márcio Pinto e Rubson Santana têm 9% e 8%, respectivamente. Na primeira pesquisa, Márcio Pinto tinha 7% e Rubson 5%. Na pesquisa espontânea, os brancos e nulos também somam 2%. Os eleitores que não souberam ou não quiserem responder representam agora 7%, três pontos a menos que no primeiro levantamento, quando somaram 10%.

O Ibope levantou também a taxa de rejeição aos candidatos. Lucineide Pinheiro lidera, com 39% dos eleitores dizendo que não votariam nela de jeito nenhum. Na pesquisa anterior era de 40%. A rejeição de Alexandre Von também teve sensível queda. Na pesquisa anterior, 35% dos eleitores disseram que não votariam nele. Agora, são 32%. Rubson Santana tem a terceira maior rejeição, 14%, um ponto a mais que pesquisa anterior quando aparecia com 13%. José Maria Tapajós que era rejeitado por 11% dos eleitores de Santarém, agora aprece rejeitado por apenas 7%, queda de quatro pontos percentuais. Márcio Pinto manteve a taxa de rejeição em 11%. O percentual de eleitores que disseram votar em qualquer um dos candidatos também se manteve constante em 4% e os que não souberam ou não responderam aumentaram de 5%, na pesquisa anterior, para 8% na atual.

Indagados sobre quem acham que vai vencer as eleições em Santarém, independente de em quem vão votar, 58% dos entrevistados apontaram Alexandre Von como favorito. Para 25%, contudo, a eleita será Lucineide Pinheiro. Apenas 5% acreditam que José Maria Tapajós Serpa será eleito e para 4% o vencedor será Márcio Pinto. Os que apostam em Rubson Santana somam 2% e 5% não responderam.

GOVERNOS

A administração da prefeita Maria do Carmo Martins foi considerada boa ou ótima para por 31% dos eleitores, um ponto a mais que na pesquisa anterior, quando os eleitores que tinha essa avaliação somaram 30%. Os que disseram que o governo de Maria do Carmo é regular somaram agora 35% contra 39% da pesquisa anterior. Para 34% o governo municipal é ruim ou péssimo. Antes eram 31%. O percentual de eleitores que aprovam a prefeita soma 40%, um ponto a menos que na pesquisa anterior. Os que desaprovam aumentaram de 56% para 59%. Os que disseram não saber ou preferiram não responder caíram de 3% para 1%.

A gestão do governo Simão Jatene foi considerada boa ou ótima para 37% dos eleitores, três pontos a mais que na pesquisa anterior de 34%. Para 29% o governo é regular. Na pesquisa anterior os que pensavam dessa formam somavam 38%. Para 32% o governo de Simão Jatene é considerado ruim ou péssimo. Na pesquisa anterior 26% disseram achar o mesmo. Os que não responderam somaram 2%, um ponto abaixo dos 3% que não responderam no estudo divulgado em 18 de setembro.

A administração da presidente Dilma Rousseff foi classificada como ótima ou boa por 64% dos eleitores de Santarém, um ponto acima do percentual anterior que era de 63%. Os que acham o governo de Dilma regular se mantiveram em 29% . Os que consideram o governo ruim ou péssimo caíram de 8%, na primeira pesquisa, para 6% na pesquisa atual.

DOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário