1 de julho de 2012

Estado abre licitação para obras do ginásio Poliesportivo em Santarém

Teve início nesta sexta-feira, 29, o processo licitatório avaliado em R$ 10 milhões para a escolha da empresa que ficará responsável pela construção do Ginásio Poliesportivo de Santarém. Com capacidade para 5 mil pessoas, a obra, que integra a Agenda Mínima do Governo do Estado, será erguida em terreno de 15.420 metros quadrados. O ginásio é um dos diversos investimentos realizados pelo Governo do Estado no município do oeste do estado.

A Secretaria de Estado de Obras Públicas (Seop) elaborou o projeto arquitetônico, obedecendo aos padrões da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). O ginásio terá, além de vestiários, setor administrativo com salas de uso múltiplo, palco para eventos, dois bares e duas lanchonetes. “O governo do estado achou o projeto anterior com apenas 800 lugares um pouco acanhado para o município. Com a autorização, o novo projeto foi ampliado, aumentando para 5 mil lugares, além de uma infraestrutura completa”, explicou o secretário Joaquim Passarinho.

O ginásio contará, ainda, com sanitários adaptados para o público, quadra com piso de madeira, cobertura em telhas termoacústicas, arquibancada em concreto armado e ventilação e iluminação zenitais. Ainda na área do esporte, Santarém lança no mês de julho, o projeto do Centro de Treinamento de Santarém, município escolhido com sub-sede da Copa do Mundo de 2014.

Joaquim Passarinho também reafirmou o compromisso do estado com a educação e anunciou para o mês de julho a licitação que garante a reforma de pelo menos sete escolas públicas do município de Santarém. O projeto, feito em parceria com a Secretaria de Estado de Educaçao (Seduc) deve chegar a 200 escolas em todo o estado, um investimento de R$ 100 milhões, recurso do tesouro do estado.

Outra grande obra que também começa a ganhar contornos é o Centro de Convenções de Santarém. A Assembleia Legislativa do Estado aprovou, no último dia 27, o projeto que garante o aporte dos recursos, avaliados em R$ 25 milhões, junto ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). “O centro ira ficar em uma área privilegiada, de frente para o rio Tapajós, um verdadeiro complexo turístico, com estrutura de restaurante, bares e outros espaços para todos os tipos de eventos”, ressaltou o secretário.

Também em Santarém, continuam as obras para a implantação das Unidades Integradas de Polícia Pacificadora (UIPP), em Alter do Chão e Mojuí dos Campos e a pavimentação da rodovia Curuá-Una, que já ganhou recapeamento e terraplanagem em boa parte de sua extensão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário