3 de agosto de 2010

Seleções no INSS e Previc abrirão 2.200 vagas

Interessados em ingressar no funcionalismo público federal devem ficar atentos a dois órgãos ligados ao Ministério da Previdência Social (MPS), pois a previsão é que novas seleções possam ser lançadas em breve. O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deverá abrir outro grande concurso para técnico e analista e a Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) também se prepara para realizar o seu primeiro processo seletivo. Confira:

INSS

A assessoria de imprensa da Previdência informou, recentemente, que o INSS já encaminhou pedido de abertura de concurso ao Ministério do Planejamento e aguarda somente o aval da pasta para abrir a seleção. De acordo com a assessoria, foram solicitadas duas mil vagas para as carreiras de técnico e analista.

O cargo de técnico do Seguro Social exige dos interessados nível médio, enquanto a carreira de analista é voltada a profissionais com graduação superior completa. Para analista, são oferecidas oportunidades em diversas especialidades e também para graduados em qualquer área. Segundo nota veiculada no portal de notícias do Ministério da Previdência, atualmente, as remunerações iniciais correspondem a R$ 2.676,44 para técnico e a R$ 4.667,65 para analista. Nas duas carreiras, os servidores recebem ainda gratificação de desempenho.

Em 2008, o INSS promoveu concurso que também ofertou duas mil vagas, das quais 1.400 eram para técnico e 600 para analista (várias áreas de atuação). Este processo seletivo ficou sob a responsabilidade do Cespe/UnB, que cobrou taxas de R$ 47 (técnico) e R$ 56 (analista). Os participantes enfrentaram avaliação objetiva com 150 questões de conhecimentos básicos, complementares e específicos.

PREVIC

A recém-criada Previc também solicitou autorização do Ministério do Planejamento para abrir 200 oportunidades de níveis médio e superior. As chances estavam incluídas no projeto de lei nº 8/2010, que estabelecia a criação e/ou provimento de 6.599 cargos no Executivo Federal. No dia 20 de julho, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou duas leis referentes ao PL e, com as promulgações, a expectativa é que o Planejamento autorize a Previc a realizar o seu primeiro concurso muito em breve.

Segundo a assessoria de imprensa do órgão, o objetivo é abrir a seleção ainda este ano, porém, por conta do período eleitoral que já vigora, a nomeação dos aprovados deve acontecer apenas em janeiro de 2011.

As 200 oportunidades previstas serão distribuídas em três carreiras: técnico administrativo (50 vagas), especialista em previdência complementar (100) e analista administrativo (50). O cargo de técnico exigirá nível médio, enquanto as atividades de analista e especialista pedirão formação superior específica.

De acordo com a assessoria, a seleção abrirá todas estas 200 ofertas, mas, somente 50% dos aprovados serão nomeados de imediato. Os salários iniciais deverão corresponder a R$ 2.424,39 (técnico) e R$ 4.600 (analista e especialista). (Jornal dos Concursos)

Nenhum comentário:

Postar um comentário