9 de abril de 2012

Jatene pisa em ovos para não contrariar aliados

O governador Simão Jatene, até onde se enxerga, está pisando em ovos - muitíssimos - para não contrariar aliados que pretendem disputar a Prefeitura de Belém na eleição do próximo ano.
Ao que tudo indica, Jatene já está conformado diante da impossibilidade de conciliar vontades tão firmes e irremovíveis, cada uma voltada para defender o próprio direito de concorrer à sucessão de Duciomar Costa, o pior prefeito de Belém em oito séculos - os quatro que já passaram e os quatro que se vislumbram no porvir.
O governador está certo, segundo apurou o blog, que não haverá meios de apresentar argumentos para convencer aliados como Zenaldo Coutinho (PSDB) e Arnaldo Jordy (PPS) abrirem mão de suas pré-candidaturas em favor de uma composição capaz de conciliar, da melhor maneira possível, as pretensões de ambos.
E o cenário fica ainda mais complicado quando se coloca na parada o peemedebista José Priante, outro que também não quer nem ouvir falar em desistir de ser cabeça de chapa.
E como tudo indica que Zenaldo, Jordy e Priante vão mesmo cuidar cada um de seu rebanho eleitoral, para tentar chegar à Prefeitura de Belém, Jatene, segundo pessoas envolvidas com as três pré-candidaturas, deve adotar a máxima cautela para não tomar partido de ninguém.
Pelo menos de forma ostensiva, é claro. 
Espaço Aberto

Nenhum comentário:

Postar um comentário