15 de abril de 2011

Destaque:Pará perde o ex-governador Hélio Gueiros

O ex-governador do Pará e ex-prefeito de Belém Hélio Gueiros faleceu por volta das 13h de hoje (15), em sua residência. A causa da morte foi insuficiência renal, de acordo com familiares. O político tinha 85 anos.
Parentes próximos de Hélio Gueiros estão todos reunidos. Ainda não há informações sobre onde será o velório do político.
TRAJETÓRIA
Hélio Mota Gueiros entrou na política em 1958, a convite do general Magalhães Barata. A irreverência e os discursos irônicos de Hélio Gueiros marcaram a política paraense dos anos 90. Hélio Gueiros foi deputado federal, senador de 1983 a 1987, governador do Pará de 1987 a 1990, e prefeito de Belém de 1993 a 1996.
Durante sua trajetória política, Hélio Gueiros ficou conhecido pelo apelido de Papudinho. Alguns de seus bordões ficaram marcados para sempre na história política paraense, como “Eu sou tarado por Doca” (na época da revitalização da avenida Visconde de Souza Franco) e “Tinindo” (referindo-se ao modo como gostava de trabalhar).
Além de professor, advogado e político, Hélio Gueiros também exerceu o jornalismo como profissão. Colunista do Diário do Pará, jornal no qual mantinha uma coluna aos domingos, Gueiros também foi redator e editor na Folha do Norte e durante a segunda fase de O Estado do Pará. Na época da fundação do Diário do Pará, no início da década de 80, foi seu principal articulista. Ainda foi redator e apresentador do programa “Em Primeira Mão”, na TV Marajoara.
Gueiros começou na política como suplente de deputado estadual. Assumiu uma vaga entre 1958 e 1962. Em 1962, foi eleito deputado estadual, pelo PSD, chegando a líder do governo Aurélio do Carmo entre 1962 e 1964. Com a instalação da Ditadura Militar, em 1964, Hélio Gueiros teve seu mandato cancelado. Elegeu-se deputado federal com a fundação do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), entre 1966 e 1970. Nesse último ano, teve seu mandato cancelado novamente e a suspensão dos seus direitos políticos. Além disso, Hélio Gueiros foi eleito para o senado federal em 1983, quando ainda era integrante do PMDB.
(DOL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário