30 de abril de 2011

Aveiro: eleição deverá ser decidida entre dois candidatos filhos do município

Os eleitores do município de Aveiro deverão confirmar o que aconteceu nas duas últimas eleições e eleger um candidato que seja nascido no próprio municipio.
Nas duas últimas eleições a população decidiu por escolher Maria Gorete, filha de Aveiro, para adminstrar o município, tendência que poderá ser confirmada na próxima eleição suplementar.

Os candidatos que representam o municipio de Aveiro são: Eliezer e Natalino e Fizica e Paulo Henrique, ambos candidatos a prefeito e vice-prefeito respectivamente.
Blog do Professor Sebastião Dantas

29 de abril de 2011

O tão esperado ‘sim’ de William e Kate


O carinho entre o casal foi um aspecto marcante da tão aguardada cerimônia de casamento do Príncipe William com Kate Middleton, realizada na Abadia de Westminster, em Londres, na manhã desta sexta-feira (29).

Quando o arcebispo Rowan Williams começou a rezar a missa, diante da emoção da noiva, William tocou seu ombro e começou a sussurrar palavras que a fizeram rir. Ele se aproximou um pouco mais, colocou seu rosto na frente do de Kate e abriu um largo sorriso.

Kate entrou na Abadia acompanhada por seu pai, Michael Middleton, e pela irmã Pippa, que carregava a cauda de seu vestido de noiva, feito por Sarah Burton, sucessora do reconhecido estilista Alexander McQueen, morto em fevereiro de 2010. O esperado vestido é todo de renda, mangas compridas, cauda longa e um véu que cobria o rosto e os cabelos de Kate.

"Você está linda" teriam sido as primeiras palavras de William para Kate no altar, segundo especialistas em leitura labial contratados pelo jornal The Guardian.

Conforme o divulgado anteriormente, Kate não jurou obediência ao príncipe em seus votos matrimoniais, mas prometeu lhe amar, confortar, honrar e proteger. Em 1981, a princesa Diana, mãe de William, foi a primeira a não declarar obediência ao marido, príncipe Charles.

Após o "sim", corais da orquestra e das duas bandas se apresentaram e entre um e outro, os votos continuaram e foram acompanhados atentamente pelos noivos, que se sentaram ao lado direito do altar. Logo após noivos de ajoelharam para rezar e pedir protação à união.

Ao fim da cerimônia, o casal real deixou a Abadia em direção a uma carruagem, que os levou em cortejo pelas ruas de Londres, para o delírio do público que esperava ansioso por eles. As informações são do Portal Terra. (DOL)

Audiência Pública Discute atua situação de Infraestrutura Urbana e Rural do Municipio de Santarém

O vereador Henderson Pinto (DEM), na Tribuna confirmou para 19 de maio próximo, a realização de uma audiência pública na Câmara de Santarém, que vai discutir e buscar soluções, para os diversos problemas que passa a gestão municipal, a partir da precariedade do sistema viário.

Henderson garante que vão estar presentes representantes do Ministério Público estadual e federal; Ministério das Cidades; Controladoria Geral da União (CGU); Ordem dos Advogados do Brasil (subseção de Santarém) e as Associações de Moradores, da área urbana e rural.

“Durante a audiência pública iremos discutir a situação caótica que vive hoje a infraestrutura urbana e rural, nessa audiência vamos dar encaminhamentos, para posteriores providências, com isso a Câmara vai estar cumprindo o seu papel, acompanhando  a execução orçamentária e solicitando da população que venha parta a sessão do dia 12 de maio, para que daqui saiam providência, para se acabar de uma vez por todas com o descaso da gestão municipal, que estamos vivendo hoje”, constata. 
Fonte: CMS

FIT promove V Jornada Acadêmica

Nos próximos dias 4, 5 e 6 de maio, acontecerá a V Jornada Acadêmica de Comunicação Social das Faculdades Integradas do Tapajós - FIT, em Santarém - Pará, com o tema central “Mídias Sociais: como utilizá-las com eficiência”.

Renomados conferencistas irão contribuir com o sucesso da Jornada, são eles: Vitor Guerra, Publicitário; Sócio-Diretor da empresa “Desenvolvimento da Ideia S/A”; Professor MBA em Estratégias de Comunicação da Universidade Veiga de Almeida - RJ. Wagner Fontoura, Especialista em Comunicação em Mídias Sociais pela FAAP-SP; Sócio fundador da “Coworkers Mídias Sociais”. Marcelo Salgado, Gerente do twitter @AloBradesco; Editor Chefe e poscaster do Cumê Camão; Pós-graduado em Comunicação em Mídias Sociais pela FAAP-SP. - Informações e inscrições em www.fit.br

28 de abril de 2011

Governo do Estado Inaugura Centro Maria do Pará em Santarém

Hoje esteve em Santarém para a solenidade  de Inauguração do Centro Maria do Pará  o secretário de estado de Direitos Humanos, José Acreano Brasil Júnior, que representou o Governo do Pará na inauguração do Centro. O Estado do Pará já possui oito centros de atendimento, instalados nos municípios de Abaetetuba, Ananindeua, Belém, Capanema, Itaituba, Jacundá, Tucuruí e Xinguara.
O Centro Maria do Pará será uma referência especializada no atendimento as mulheres agredidas no município de Santarém. Coordenado pela Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), a instituição foi criada para prestar atendimento integral às mulheres, com acompanhamentos psicológico, social, pedagógico e jurídico, voltados à superação de traumas emocionais, recuperação da autoestima e de autonomia pessoal. 
Funcionamento – O Centro de Referência Maria do Pará será vinculado à SEMTRAS (Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social) e funcionará diariamente das 08h às 12h. O local vai exercer o importante papel de articulador dos serviços de atendimento às mulheres em situação de vulnerabilidade social, em função da violência de gênero.

 Os vereadores Erasmo Maia, henderson Pinto, Jailson do Mojuí , Reginaldo Campos e Marcela tolentino estiveram participando da solenidade e logo após o Secretário de estado esteve reunindo com os vereadores da base de sustentação do governo de Simão Jatene na Câmara de Santarém.

Von: “Todo professor do sistema modular tem que trabalhar”

Alexandre Von diz que o governador Simão Jatene está “arrumando a casa”

Alexandre coloca seu nome à disposição do PSDB para disputar eleição em 2012

Nesta entrevista exclusiva, o deputado estadual Alexandre Von diz que o governador Simão Jatene está “arrumando a casa”, para poder colocar em prática seu plano de governo, inclusive, com muitas obras e projetos voltados para a região Oeste, e para o município de Santarém. O deputado Alexandre Von diz que: “é impossível que o governador Jatene vá esquecer um Município que lhe deu 90.000 votos. Exemplo é que na Agenda Mínima que ele (Governador) lançou, agora no início de abril, estão enumeradas as principais obras e projetos, que ele pretende executar nestes quatro anos de governo em Santarém”, afirmou o Deputado. Confira estas e outras declarações:
Jornal O Impacto: O PSDB vem com candidato próprio para disputar as eleições de 2012?
Alexandre Von: Esta é uma das discussões que vão ser feitas na convenção deste sábado, na Câmara municipal. Mas a manifestação do desejo dos membros do partido é que o PSDB tenha candidatura própria a Prefeito no município de Santarém em 2012.
Jornal O Impacto: O secretário Inácio Corrêa declarou que procurou o governador Simão Jatene e este não o recebeu, e que o governo estadual não está ajudando Santarém. Como o senhor analisa este fato?
Alexandre Von: Na verdade, o governador Simão Jatene recebeu no mês de fevereiro a Prefeita de Santarém e seu Secretário de Governo. Na ocasião, apresentarem uma pauta de reivindicações que o Governador está analisando.
Jornal O Impacto: Como o senhor analisa a situação da cidade hoje?
Alexandre Von: A idéia que se tem é que Santarém não tem Prefeito, devido o estado de abandono do sistema viário e de nossas ruas, bem como da zona rural do Município. A primeira reclamação dos moradores da zona rural é do completo abandono e da total ausência da Prefeitura na assistência à nossa população. O estado das ruas é a demonstração desse descaso. A sensação que dá, não apenas para quem mora aqui em Santarém, mas para quem nos visita, é que Santarém não tem Prefeito.
Jornal O Impacto: O governador Simão Jatene encontrou muitos problemas originados do governo Ana Júlia?
Alexandre Von: O que posso assegurar é que o governador Simão Jatene está priorizando a organização da gestão estadual, sobretudo, na gestão financeira. A máquina administrativa foi recebida em um estado lamentável, deplorável, praticamente sucateado. Todas as secretarias com problemas; com empenhos por pagar, licitações fraudulentas, contratos mal executados, enfim, uma série de ajustes e consertos tendo que ser feitos para não deixar o Estado em situação inadimplente. Então, o esforço que o governador Jatene e os secretários estão fazendo é no sentido de colocar o estado do Pará novamente apto a receber recursos, a celebrar convênios e contratos, a fazer parcerias; lamentavelmente não foi nesse estágio que foi entregue o governo.
Jornal o Impacto: Quer dizer que o município de Santarém não está esquecido pelo governo Estadual?
Alexandre Von: É impossível que o governador Jatene vá esquecer um Município que lhe deu 90.000 votos. Tanto é prova, que na Agenda Mínima que ele (Governador) lançou, agora no início de abril, onde estão enumeradas as principais obras e projetos, que ele pretende executar nestes quatro anos de governo, Santarém está contemplada com obras importantes, como a construção do estádio Colosso do Tapajós, conclusão de seu Anel; construção de um estádio poli-esportivo coberto e a construção de um Centro de Convenções
Jornal O Impacto: Quanto ao aeroporto de Santarém?
Alexandre Von: O aeroporto Maestro Wilson Fonseca é uma obra que deve receber recursos federais, através da Infraero. Mas Santarém, além das obras do estádio, do ginásio coberto e do Centro de Convenções, assim como toda região, será contemplada com obras de pavimentação de rodovias estaduais, saneamento básico, sobretudo, de ampliação do serviço de abastecimento de água, tanto em Santarém quanto em municípios da nossa região. Asseguro que, longe de estar ou de ser esquecido, logo que o governo possa estar em condições, saneado, equilibrado, em condições de retomar investimentos, projetos e obras importantes, o município de Santarém será contemplado a altura de sua importância.
Jornal o Impacto: Como o senhor analisa a questão do ensino modular na região?
Alexandre Von: A proposta do Secretário de Estado de Educação, Nilson Pinto, que já esteve em Santarém fazendo uma visita in loco aos estabelecimentos da Seduc no Município, é que o programa de ensino modular seja reformulado para ganhar qualidade, eficiência, trazendo resultados positivos para que em um segundo momento seja ampliado. O secretário Nilson Pinto me garantiu que ao longo do primeiro semestre promoveria um amplo debate buscando a reformulação e o aprimoramento, sobretudo, na qualidade da educação prestada no Sistema Modular de Ensino, para que a partir do segundo semestre ele possa ser ampliado, revigorado e possa atender mais comunidades rurais que precisam muito desse programa.
Jornal O Impacto: Foram detectadas fraudes neste programa de ensino modular na região?
Alexandre Von: Os equívocos, os excessos, enfim, o que precisar ser ajustado para aprimorar o programa, será feito. Alguns professores lecionam no modular e tem outras atividades na área urbana, que compromete a qualidade do ensino. O objetivo é que quem for professor do modular e está fazendo uma opção por lecionar neste programa, não tenha condições em prestar serviços em outras escolas e não tenha condições de lecionar na cidade.
Convenções - Neste sábado, dia 30, o PSDB de Santarém faz a convenção para eleição de nomes que vão compor o novo Diretório Municipal. Neste mesmo dia, às 11 e meia da manhã, haverá convenção em Mojuí dos Campos. Hoje, sexta feira, dia 29, haverá convenção em Belterra. Todas as estrelas do partido tucano, tanto a nível estadual quanto vereadores e simpatizantes do partido, estarão presentes. As convenções em toda a região e no estado servirão como preparação do partido tucano para as eleições de 2012.
Por: Carlos Cruz\O impacto

Governador anuncia nova diretora-superintendente do Detran

O governador Simão Jatene anunciou nesta quarta-feira, 27, durante coletiva na Fundação Santa Casa de Misericórdia, o nome da nova diretora-superintendente do Departamento de Trânsito do Pará – Detran. Maria do Céu Guimarães de Alencar (foto) é economista e já exerceu diversos cargos no serviço público estadual na área de gestão.

27 de abril de 2011

Edital – PSDB de Santarém

EDITAL DE CONVOCAÇÃO


Nos termos da legislação em vigor, ficam convocados, por este EDITAL, todos os eleitores filiados ao PARTIDO DA SOCIAL DEMOCRACIA BRASILERA – PSDB, do município de Santarém – Pará, para participarem da CONVENÇÃO MUNICIPAL, que será realizada no dia 30 de abril de 2011, com início as 8:00h e encerramento previsto às 13:00 h, na Câmara Municipal de Santarém, localizada na Avenida Dr. Anísio Chaves , nº 1001, Bairro Aeroporto Velho, CEP 68030-290, nesta cidade Santarém Pará, com a seguinte Ordem do Dia:

1- Eleição, por voto direto e secreto, do Diretório Municipal, que será constituído de 35 Membros Efetivos e 11 Suplentes;


2- Eleição, por voto direto e secreto, de Delegados e respectivos Suplentes à Convenção Estadual;


3- Eleição, por voto direto e secreto, do Conselho de Ética e Disciplina, constituído por 05 Membros Efetivos e igual número de Suplentes e do Conselho Fiscal, constituído por 03 Membros Efetivos e igual número de Suplentes.


Nesta mesma data, será eleita a Comissão Executiva Municipal e seus suplentes, em reunião do Diretório Municipal eleito, convocada por este Edital para as 13:00 horas, no mesmo local.


Santarém – PA, 18 de abril de 2011.


Nesta mesma data, será eleita a Comissão Executiva Municipal e seus suplentes, em reunião do Diretório Municipal eleito, convocada por este Edital para as 13:00 horas, no mesmo local.

Paraense é destaque em Manaus‏

Esse mês a revista Top Line, uma das mais conceituadas revistas do Estado do Amazonas, destaca o trabalho desenvolvido pelo Apresentador Natan Balieiro em seu Programa Melhor da Noite.

Há quase dez anos no mercado o programa mostra os principais eventos realizados na Amazônia como o Boi de Parintins, Sairé em Alter do Chão, Boi Manaus, Carnaval, Festribal em Juruti, Festival de Óperas do Amazonas, Fórum Mundial de Sustentabilidade entre outros que são realizados nos diversos municípios e estados do Brasil.

Além das entrevistas com celebridades o apresentador mostra em seu programa as diversidades culturais e artísticas destacando a região e o Brasil nas viagens feitas aos EUA, Venezuela, Paris, Canadá, Itália entre outros locais visitados nos últimos anos.

A revista Top Line conta a trajetória do apresentador Natan Balieiro, paraense natural de Oriximiná, que chegou à Manaus para estudar o ensino médio e também trabalhar, sendo que sua primeira profissão foi de vendedor em um lanche.
Atualmente apresentador tem milhares de fãs e dedica esse reconhecimento a eles e principalmente e toda a sua equipe.


Assessoria Programa Melhor da Noite

São Raimundo e Castanhal será às 18h de domingo, 1º - maio

Mudança foi devido à concorrência da Televisão aberta.

Esperando conciliar a concorrência da televisão (canal aberto) na decisão do Campeonato Carioca no mesmo horário e acreditando na presença da galera santarena neste domingo, 1º- de maio no jogo contra o Castanhal, a diretoria do São Raimundo após uma consulta e logo em seguida oficializando junto a Federação Paraense de Futebol (FPF) o pedido de mudança no horário do jogo contra o Japiim, passando das 17h para as 18hs.

Sandecley Monte que entrou em contado com o diretor técnico da FPF, eng. Paulo Romano, disse que a alteração no horário do jogo vai atender os inúmeros pedidos de torcedores feitos a diretoria alvinegra. "sabemos da influência que o futebol carioca tem em nossa região em termos de torcida, por isso reunimos e decidimos por passar o jogo para às 18h para atender os torcedores que terão a oportunidade de assistir o jogo da televisão e depois seguir para o Colosso e incentivar o Pantera contra o Castanhal", disse Sandecley Monte, gerente de futebol alvinegro.

Então o jogo São Raimundo e Castanhal será neste domingo, às 18h no estádio Colosso do Tapajós, em Santarém. O ofício foi levado pelo diretor jurídico do clube, Dr. André Cavalcante que viajou à noite desta segunda-feira para Belém.

Imprensa: S. R. E. C.

R$ 170 milhões para obras do PAC no Pará

O Diário Oficial do Estado publicou, em sua edição de ontem, lei sancionada pelo governador Simão Jatene que autoriza o Estado do Pará a contratar, com a Caixa Econômica Federal, financiamento até o valor de R$ 170.759.756,00. O dinheiro se destina a financiar as contrapartidas de empreendimentos do PAC - Habitação e Saneamento, cujos valores estão acima do mínimo previsto pelas instruções normativas do Ministério das Cidades à época de sua contratação.
De acordo com a lei - de nº 7.508, de 20 de abril corrente -, o Poder Executivo dará em garantia do principal e dos encargos e acessórios da dívida, assim como das demais obrigações decorrentes dos financiamentos ou operações de crédito a serem contratados pelo Estado, a cessão ou vinculação de suas principais fontes de receita. Entre elas, as parcelas de quotas do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e à Prestação de Serviços (ICMS).
Em caso de insuficiência de parte dos depósitos bancários necessários para a quitação do financiamento e dos encargos contratuais, bem como na hipótese de extinção das receitas, a lei prevê que a garantia será sub-rogada sobre os fundos ou impostos que venham a substituí-las. Os recursos provenientes da operação de crédito objeto do financiamento, conforme estabelece o diploma legal, serão consignados como receita no orçamento ou em créditos adicionais.
A lei estabelece ainda que o Poder Executivo fica autorizado a consignar, nos orçamentos anuais e plurianuais do Estado, durante os prazos que vierem a ser estabelecidos para a execução dos empréstimos e para o financiamento, dotações suficientes aos investimentos e pagamentos das parcelas de amortização e encargos financeiros decorrentes do financiamento, bem como os valores das contrapartidas de recursos próprios.
Os recursos a serem contratados em operações de crédito com a Caixa Econômica Federal vão beneficiar 107 diferentes empreendimentos distribuídos por 50 municípios do Pará. Algumas delas são obras novas, mas há também na relação projetos já em andamento, contemplando serviços de captação, tratamento e distribuição de água potável, saneamento básico, infraestrutura urbana e construção de unidades habitacionais.
O maior volume de recursos - R$ 136,791 milhões - se refere a empreendimentos com execução sob a responsabilidade da Companhia de Habitação do Estado, a Cohab. A Cosanpa responde nesse bolo pela execução de obras no valor de R$ 19,945 milhões como contrapartida do Estado. Já a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) vai administrar R$ 14,022 milhões do total a ser financiado pela Caixa a título de participação financeira do Estado em obras do PAC Habitação e Saneamento.
O município de Belém, com nada menos que 21 empreendimentos, vai ficar com a parte do leão, de acordo com o programa de apoio ao financiamento das contrapartidas do PAC. A discriminação dos empreendimentos e a distribuição das verbas constam de planilha inserida no bojo da lei editada pelo governador Simão Jatene e publicada ontem no Diário Oficial.
Do total de R$ 170,7 milhões, caberão à capital R$ 108 milhões, o equivalente a 63,28%. A cidade de Castanhal, terra natal do governador Simão Jatene, será a mais bem aquinhoada do interior, com R$ 24,8 milhões (14,52% do total). Na terceira posição está Marituba, com R$ 7,5 milhões (4,42%). Em seguida vêm Ananindeua, com R$ 5,7 milhões, Marabá com R$ 5,5 milhões e Capanema, com R$ 4,3 milhões.
SANTARÉM - 7º LUGAR NA LISTA
A cidade de Santarém, no oeste do Estado, receberá R$ 2,192 milhões, quase o mesmo valor de Monte Alegre, contemplada com pouco mais de R$ 2,0 milhões.

Sarney indica Flexa Ribeiro para Ouvidoria

O senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) agora é o ouvidor-geral do Senado. Ele foi escolhido nesta terça-feira (26) pelo presidente da Casa, José Sarney, e terá um mandato de dois anos, renovável por igual período. A indicação do titular da Ouvidoria do Senado dispensa a aprovação do Plenário. Já nomeado, Flexa Ribeiro deverá ouvir reclamações, sugestões, denúncias, elogios e pedidos de informações da sociedade sobre as atividades da instituição. 
Além disso, o ouvidor deverá sugerir mudanças que permitam o controle social do Senado, tendo também a missão de responder aos encaminhamentos enviados a ele pela sociedade. 
Outros cinco senadores foram escolhidos por Sarney para integrar a Procuradoria Parlamentar. Demóstenes Torres (DEM-GO), Waldemir Moka (PMDB-MT), Delcídio Amaral (PT-MS), Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) e Benedito de Lira (PP-AL) exercerão a atividade por um mandato de dois anos, também renovável por mais dois. A Procuradoria Parlamentar, apesar de exercida por cinco senadores, não conta com um presidente ou um coordenador. Todos deverão zelar pela instituição, defendendo o Senado perante a sociedade.
Os membros da procuradoria deverão providenciar ampla publicidade reparadora de matérias ofensivas ao Senado ou a seus integrantes, veiculadas pela imprensa. E terão a prerrogativa de promover, por meio do Ministério Público, da Advocacia-Geral da União ou da Advocacia do Senado, as medidas judiciais e extrajudiciais cabíveis para obter ampla reparação.
Da Redação / Agência Senado

26 de abril de 2011

Financiamento para agricultura familiar em Tribuna livre

É de autoria do vereador Emir Aguiar (PR), o requerimento que solicita a realização de uma sessão tribuna livre, na manhã desta terça-feira, 26/04/2011, com o seguinte teor.

“A CÂMARA MUNICIPAL DE SANTARÉM, através da Mesa Diretora, REQUER que após a manifestação de todos os pares desta Casa de Leis, seja aprovada a realização de uma SESSÃO DE TRIBUNA LIVRE, no dia 26 de abril de 2011, em horário regimental, para que essa Casa possa debater junto às autoridades competentes e convidados, sobre a AGRICULTURA FAMILIAR E OS RECURSOS QUE SOBRAM NOS COFRES DAS INTITUIÇÕES FINANCEIRAS PARA FINANCIAMENTOS.

Para esta Sessão apresentamos a relação dos convidados para se fazerem presentes os representantes: Secretaria Municipal de Produção Familiar (SEMPAF), EMATER-PA, INCRA, BASA, BANCO DO BRASIL, STTR, COOPERATIVAS (COOMAPLAS E COOPRUSAM, FEDERAÇÕES (FEAGLE, FAMCEEF E RESEX – Tapajós/Arapiuns) e ASSOCIAÇÕES (Conselho Gestor do Ituqui).

Fundamentação

Senhores vereadores, as Instituições financeiras que operam a linha de crédito, através dos incentivos do governo estimulam o desenvolvimento de uma comunidade, adequando-a a formação técnica de agricultores e familiares. Devido o desconhecimento de produtores e da dificuldade em emitir a Declaração de aptidão do PRONAF – DAP, cerca 5 milhões de reais disponíveis para pequenos agricultores estão parados nos cofres do Banco da Amazônia. O dinheiro deveria servir de apoio financeiro às produções agrícolas da região. As Instituições Financeiras, através de financiamentos tem como objetivo melhorar a renda e o meio social das famílias que vivem longe dos grandes centros urbanos. Entendemos, que o sonho dos agricultores em conseguir uma linha de crédito para muitos continuam distantes pela dificuldade encontrada ao acesso a tais recursos. Portanto, precisamos descobrir meios para facilitar a vida do nosso agricultor familiar rural.

A sessão foi presidida pelo vereador José Maria Tapajós (PMDB) e contou com a presença também dos vereadores Mauricio Corrêa (PMDB), Emir Aguiar (PR), Carlos Jaime (PT), Reginaldo Campos (PSB), Evandro Cunha e Marcela Tolentino (PDT), Valdir Matias Júnior (PV), Erasmo Maia e Henderson Pinto (DEM), Jailson do Mojui (PSDB). Todos tiveram a oportunidade de opinar sobre o tema em debate e fazer questionamentos.

O que diz o Basa

Ouvido pela assessoria de comunicação da Câmara, o gerente geral do Banco da Amazônia em Santarém, Alessandro de Sousa Pereira, relatou que para desenvolver a agricultura familiar é preciso crédito, assistência técnica e apoio do municipio, através da Secretaria da Agricultura Familiar e dos órgãos que estão envolvidos na regularização fundiária e ambiental. “Sem esses parceiros, não é possível atender o agricultor”, observa.

Recursos disponíveis

Alessandro de Sousa Pereira, assegura que o Banco da Amazônia tem recurso financeiro disponível, existe uma linha de crédito  especifica ao produtor familiar. “Precisamos discutir quais são os gargalos em nosso município, para que a roda comece a girar e o produtor possa acessar mais o crédito”, define.

O gerente do Basa cita que nos últimos três anos foram aplicados R$ 8 milhões na agricultura familiar. “Esse ano nós temos R$ 5,5 milhões para aplicar, podemos aplicar muito mais se houver envolvimento da sociedade”, assegura.

“Essa reunião aqui na Câmara é muito importante, para que os vereadores tomem conhecimento dos gargalos em nossa região e cada um dentro do seu nível de competência possa atuar, para fortalecer e desenvolver parcerias, sem isso o produtor não vai conseguir ter acesso ao crédito”, constata.

Alessandro de Sousa Pereira, disse que se fossemos analisar do ponto de vista racional (só do crédito), “nós estamos numa região que tem dificuldade de estradas, com muita chuva, falta de capacitação e treinamento do produtor, diria simplesmente o seguinte, não dá para aplicar crédito na Amazônia, à inadimplência vai ser certa, mas o objetivo do crédito é fomentar, é desenvolver e nós precisamos sim, superar os gargalos e somente com as parcerias, o banco sozinho, não consegue fazer nada”, aponta.

Santarém menos consegue

O vereador Emir Aguiar (PR), autor do pedido de realização da sessão Tribuna Livre, disse estar satisfeito com a presença maciça dos convidados. Isso mostra, segundo ele, o interesse pelo tema da sessão e lamentou que Santarém fosse o município da região que menos consegue liberar recurso financeiro para financiamento da agricultura familiar.

“Nós perdemos para municípios como Rurópolis, Novo Progresso, que conseguem acessar mais essa linha de crédito do que Santarém, então tem alguma coisa errada, o município com cerca de 300 mil habitantes, não pode ficar nessa situação, se depende de parcerias, este é o momento para se formá-las, as instituições estão aqui, Emater, prefeitura, sindicatos, é hora de formatarmos as parcerias para que o financiamento chegue realmente, até o produtor rural”, defende.

Emir Aguiar disse que a partir de agora, é possível o produtor ter acesso a linha de crédito, já que o assunto não vai ficar só na realização da Tribuna Livre. “A Câmara vai ficar monitorando isso, vamos ficar indo aos bancos, ás entidades dos governos do estado e município e aos sindicatos e federações, para vermos quais os entraves, porque não está saindo e o que está acontecendo”, destaca.

O parlamentar autor da sessão Tribuna livre, entende ter sido importante a realização do evento, pela participação de cada representante de entidade. “Sentimos que foi um despertar para que a gente possa reverter esse quadro”, avaliou.

O que é o Pronaf

O Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) financia projetos individuais ou coletivos, que gerem renda aos agricultores familiares e assentados da reforma agrária. O programa possui as mais baixas taxas de juros dos financiamentos rurais, além das menores taxas de inadimplência entre os sistemas de crédito do País.

O acesso ao Pronaf inicia-se na discussão da família sobre a necessidade do crédito, seja ele para o custeio da safra ou atividade agroindustrial, seja para o investimento em máquinas, equipamentos ou infraestrutura de produção e serviços agropecuários ou não agropecuários.

Após a decisão do que financiar, a família deve procurar o sindicato rural ou a Emater para obtenção da Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), que será emitida segundo a renda anual e as atividades exploradas, direcionando o agricultor para as linhas específicas de crédito a que tem direito. Para os beneficiários da reforma agrária e do crédito fundiário, o agricultor deve procurar o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) ou a Unidade Técnica Estadual (UTE).

O agricultor deve estar com o CPF regularizado e livre de dívidas. As condições de acesso ao Crédito Pronaf, formas de pagamento e taxas de juros correspondentes a cada linha são definidas, anualmente, a cada Plano Safra da Agricultura Familiar, divulgado entre os meses de junho e julho.
Programas Relacionados

Como funciona o Pronaf

O agricultor familiar deve avaliar o projeto que pretende desenvolver. Os projetos devem gerar renda aos agricultores familiares e assentados da reforma agrária seja ele para o custeio da safra, atividade agroindustrial, investimento em máquinas, equipamentos ou infraestrutura. A renda bruta anual dos agricultores familiares deve ser de até R$ 110 mil.
ASCOM - CMS

PRF registrou 45 autos de infração no feriado

Na operação foram fiscalizados 442 veículos nos principais pontos de monitoramento.

                442 veículos foram fiscalizados

A Polícia Rodoviária Federal divulgou esta manhã o balanço das atividades realizadas na operação semana santa. De acordo com a PRF não foi registrado nenhum acidente.
Na operação foram fiscalizados 442 veículos nos principais pontos de monitoramento. Deste total constatou-se 45 autos de infração. Segundo a PRF estes números são considerados razoáveis para um feriado prolongado.
A operação semana santa iniciou na quarta-feira (20) e contou com o trabalho de 22 policiais  federais. De acordo com a policial rodoviária federal, F. Torres as infrações registradas estavam relacionadas ao não uso de equipamentos obrigatórios, como o cinto de segurança.
Notapajos.com

POSSE DOS ECONOMISTA

Economista aprovados no concurso realizado em 2008 pela Prefeitura Municipal de Santarém tomam posse na manhã desta terça feira (26/04) no setor de RH da Prefeitura Municipal de Santarém:

TÉCNICO NÍVEL SUPERIOR - ECONOMISTA

ADRIANO LIMA ARAUJO
LOUISE PACHECO DA SILVA
VILBERTO SA DA SILVA
HALSON VICTOR DA GAMA FIGUEIRA
MARCO AURELIO BRITO SAMPAIO

25 de abril de 2011

Mulher é detida após tentar falar com a presidente

Mulher é detida após tentar 
falar com a presidente
          A mulher carregava uma criança no colo 

 Aos berros, e com bebê no colo, a mulher pediu habitação para os pobres.
Brasil - Uma mulher que se apresentou como Eliane dos Santos Silva driblou nesta segunda-feira (25) a segurança do Palácio do Planalto e tentou subir a rampa que dá acesso ao gabinete da presidente Dilma Rousseff.

Ela foi detida pelos seguranças enquanto pedia, aos berros, para falar com a presidente e reivindicava habitação para a população de baixa renda na cidade onde mora, São Bernardo do Campo, no ABC paulista.

“Todo mundo tem direito à habitação. Eu sou mãe de três filhos. Direito para pobre, não tem. Para rico, sempre arranja uma brechinha. Todo mundo aqui pensa que pobre é burro”, disse, aos prantos, com um dos filhos no colo.

Eliane entrou no Palácio do Planalto como visitante e subiu para o segundo andar, onde fica o Salão Nobre, local onde o ex-vice-presidente José Alencar foi velado no final de março. Quando tentava subir a rampa que dá acesso ao gabinete de Dilma, ela foi impedida pelos seguranças.

A mulher foi encaminhada para uma sala no primeiro andar do Palácio do Planalto, onde foi recebida por assessores da Secretaria-Geral da Presidência. A Presidência informou que Eliane dos Santos foi liberada e que seu pedido sobre habitação para a população de baixa renda será encaminhado a assessores de Dilma Rousseff.

Fonte: G1

Mapiri: O caos.

O vereador Henderson Pinto (DEM), relatou na Tribuna o caos em que se encontra o bairro Mapiri. Segundo ele, a situação vista no último domingo, foi de calamidade e descaso por parte do governo municipal.

“Infelizmente o descaso do governo municipal, em relação às obras do PAC, tem causado prejuízos incalculáveis nos bairros Mapiri e Uruará, os problemas se agravam por conta de obras mal feitas, pelo descaso, não podemos simplesmente ver a situação ocorrer e ficar parado” define.

Henderson Pinto assegura que vai reunir com os moradores do bairro Mapiri, para que uma posição seja tomada na busca do solução do problema, que resulta no alagamento de todo o bairro, deixando os moradores em situação de calamidade publica.

O parlamentar elogiou o trabalho da defesa civil do município, mas observa que mesmo com o empenho dos integrantes da instituição, fica difícil dar assistência completa, dada a gravidade do problema. 
ASCOM - CMS

Alta da SELIC

A alta da Selic – 1
Os descaminhos da política monetária brasileira são fáceis de demonstrar. A taxa Selic impacta dois clientes distintos. O primeiro, os demandantes de crédito em reais; o segundo, os investidores e captadores de ativos em dólares. No mundo dos reais, o custo do crédito oscila entre 40% a 200% ao ano; no mundo dos dólares, a 5%, 8% ao ano. Nas aplicações, o mundo do real remunera a 8 a 15% ao ano; o dos dólares a 2%.
A alta da Selic – 2
Qualquer mexida na Selic tem efeito ínfimo sobre o crédito e a demanda interna; e efeitos avassaladores sobre o fluxo de dólares. Suponha um bem de R$ 1.000,00, financiado por 24 meses a taxas de 4% ao mês. O valor da prestação será de R$ 65,59 mensais. Com mais 0,25% de custo de captação, esse valor subirá para R$ 65,73 mensais. Desestimulará algum financiamento? É evidente que não.
A alta da Selic - 3
Na outra ponta, 0,25% - mesmo em cima de uma maluquice de 12% ao ano – é um estímulo a mais para a entrada de dólares. Não apenas isso. Mesmo sendo menos do que o mercado fingiu que seria, é sinal de que o Banco Central não pretende deter a apreciação do real. É gasolina na fogueira da especulação com o real. Não altera em nada o crédito em reais mas influi na veia na entrada de dólares.
A alta da Selic - 4
Esta semana estive com um conhecido, grande investidor. Ele recebeu uma oferta do Credit Suisse para uma aplicação em dólares. Funciona assim: Se o dólar continuar caindo ele ganha até 23% ao ano. O que passar disso é ganho do Credit Suisse. Se o dólar se valorizar, o banco garante ao menos 6% de remuneração nominal para sua aplicação. Na conta dos vendedores do banco, a aposta é que o dólar chegue a R$ 1,32 este ano.
A alta de Selic - 5
O sujeito aplica US$ 1 milhão. Pelo dólar a R$ 1,56, converte em R$ 1.560.000,00. Aplica na Selic a 12,5%. Em um ano, o investimento sobe para R$ 1.755.000,00. Daqui um ano, se o dólar estiver de fato em R$ 1,32, ele converterá o saldo em US$ 1.329.545. O ganho será de 33% em um ano. Não se trata de mero exercício matemático. Trata-se do raciocínio que está embalando todo o mercado a manter a aposta na apreciação do real.
A alta da Selic - 6
O custo que o BC infringiu ao país com essa alta de 0,25 na Selic não é apenas o do impacto direto no custo da dívida. É a manutenção da fogueira acesa das apostas contra o câmbio, é a aceleração do desmonte das indústrias, o aumento do custo de ampliação das reservas cambiais. O governo Dilma tem ess consciência. O que impede medidas mais pro-ativas é o medo da desestabilização provocado pelo mercado.

São Raimundo se mantém em quarto na tabela do Parazão

CLASSIFICAÇÃO DO 2º TURNO – TAÇA ESTADO DO PARÁ
POS
TIMES
PG
J
V
E
D
GP
GC
SG
INDEPENDENTE
9
4
3
0
1
8
3
5
CAMETÁ
9
4
3
0
1
6
4
2
REMO
9
4
3
0
1
6
4
2
S.RAIMUNDO
7
4
2
1
1
8
4
4
PAYSANDU
4
4
1
1
2
5
6
-1
TUNA LUSO
4
4
1
1
2
3
7
-4
CASTANHAL
2
4
0
2
2
1
4
-3
ÁGUIA
1
4
0
1
3
2
7
-5

24 de abril de 2011

Alepa tinha 300 ‘fantasmas’

Esta é a estimativa feita por Mônica Pinto, que abre o jogo sobre o escândalo em entrevista exclusiva
ENIZE VIDIGAL
Da Redação
A Assembleia Legislativa do Pará (Alepa) tinha entre 200 a 300 assessores fantasmas na gestão do ex-presidente da Casa, Domingos Juvenil (PMDB), sendo cerca de 70% lotados no Gabinete Civil da Presidência do Poder, ou seja, diretamente submetidos aos desmandos do peemedebista. Sem contar os 700 estagiários, que comumente não eram estudantes e dentre os quais também haviam muitos fantasmas. É o que esclarece a ex-chefe da seção de folha de pagamento da Alepa, Mônica Pinto, que assumiu a direção do Departamento de Gestão de Pessoal a convite de Juvenil, em 2007, cargo em que ficou por dois anos.
Em entrevista exclusiva a O LIBERAL, Mônica Pinto conta parte do que sabe, pois aguarda o término das investigações. Ela evita falar do envolvimento de parlamentares, mas afirma que todos recebiam vale-alimentação ilegalmente e que o benefício era comprado em quantidade 10 vezes superior ao número de funcionários contemplados. Mônica também confirma que teve um relacionamento amoroso com o ex-parlamentar Robson do Nascimento, o Robgol, e que foi ela quem indicou a casa do ex-jogador do Paysandu ao Ministério Público do Estado (MPE), onde foram encontrados R$ 500 mil em dinheiro e R$ 40 mil em vales-alimentação.
Beneficiada pela delação premiada, Mônica Pinto é a principal fonte de informações que levou o MPE e as polícias Civil e Militar a prender quatro servidores e a fazer busca e apreensão de documentos na sede do Legislativo e outros endereços, na última terça-feira, 19. Os desvios na folha de pagamento somavam prejuízos mensais entre R$ 800 mil e R$ 1 milhão. Os dados são de 2009. Ela não nega que havia irregularidades em gestões anteriores a de Domingos Juvenil, mas ressalta que a presidência do peemedebista na Alepa, de 2007 a 2010, foi marcada por um festival de fraudes jamais visto. 
Fonte: O liberal

Chuvas e estragos no Mapiri

Da leitora que se assina Alesandra Dyana Branches da Silva, pelo e-mail do blog:
Caro Jeso,
Venho por meio deste singelo e-mail pedir que você post as fotos clicadas aqui no bairro do Mapiri na manhã deste domingo de Páscoa (24/04). É muita indignação. Sensação de impotência.
Infelizmente estas fotos não conseguem mensurar os prejuízos causados aqueles moradores. Dezenas de famílias desabrigadas mais uma vez. Pessoas humildes, crentes que as obras do PAC iniciadas desde 2009 fossem sanar no mínimo parte do sofrimento daquele povo. Eles não suportam mais.
Mapiri
Por que as obras estão paralisadas? Querem uma satisfação. Que projeto é esse que não deixa espaço para a água da chuva escoar? Os moradores tiveram que quebrar o concreto com simples ferramentas para retirar a água. A Secretaria de Infraestrutura só mandou as máquinas da prefeitura horas depois.
Enquanto isso, pobre dos ouvidos daquela sra. chamada de Baiana. Ouviu de tudo e um pouco. Espero que leve com toda a intensidade o clamor da população ao seus chefes. É muito sofrimento e muita promessa. Chega!
Queremos providências. Cadê os nossos vereadores? É um simples apelo.
Mapiri

Fla reage, vence Flu nos pênaltis e fica a 90 minutos do título carioca

Rivais empatam em 1 a 1 no tempo normal, mas Rubro-Negro leva a melhor nas cobranças e enfrenta o Vasco na decisão do segundo turno

Por GLOBOESPORTE.COM Rio de Janeiro
Pela primeira vez Ronaldinho Gaúcho desfalcou o Flamengo por lesão. Mas mesmo sem seu craque em campo, que foi vetado por causa de uma lesão no joelho esquerdo, o Flamengo mostrou força suficiente para reagir nos 90 minutos e vencer por 5 a 4 nos pênaltis o Fluminense, após empate em 1 a 1 no tempo normal, garantindo presença na final da Taça Rio. Com o triunfo deste domingo, no Engenhão, o Rubro-Negro manteve vivo o sonho de conquistar o segundo turno e, assim, garantir o título do Campeonato Carioca por antecipação, já que foi campeão da Taça Guanabara.
As duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira, por competições diferentes. O Fluminense inicia o duelo das oitavas de final da Libertadores recebendo o Libertad, do Paraguai, no Engenhão. Já o Flamengo vai ao Ceará enfrentar o Horizonte, no jogo de volta das oitavas da Copa do Brasil.
Sob forte chuva, o clássico começou também com os nervos à flor da pele. O clima de tensão era evidente nos dois lados, mas era o Fluminense o time mais perigoso nos minutos iniciais. E foi Rafael Moura quem protagonizou o primeiro lance claro de gol. Depois de um erro de passe de Welinton, o atacante recebeu a bola frente a frente com Felipe, que saiu de carrinho para dividir fora da área. O He-Man caiu, no que o árbitro Péricles Bassols interpretou como simulação. No entanto, o goleiro do Flamengo poderia ter sido expulso, caso fosse marcada uma falta.
Pouco tempo antes, o Flamengo perdeu um de seus principais jogadores. Após um choque com Conca, Léo Moura sentiu o joelho direito e não teve mais condições de seguir em campo. O lateral-direito já é desfalque na partida de volta contra o Horizonte-CE, na próxima quarta-feira, pelas oitavas de final da Copa do Brasil.
Quando o jogo começava a ganhar em emoção, os refletores do Engenhão se apagaram, causando uma paralisação de 11 minutos. Logo quando a partida foi reiniciada, ainda com a luz parcialmente acesa, o goleiro Felipe reclamou de não enxergar direito. Assim, o árbitro Péricles Bassols parou o jogo por mais dez minutos, até que a luz fosse totalmente restabelecida.
Thiago Neves gol flamengo (Foto: Ag. Estado)Thiago Neves comemora gol que levou para os pênaltis a semifinal da Taça Rio  (Foto: Ag. Estado)
Com o jogo a todo vapor, o Fluminense tomou as ações do ataque e não demorou para abrir o placar, num lance irregular. Após cobrança de falta na área, Gum subiu e ajeitou para Rafael Moura, que, em posição de impedimento, fez, de cabeça, 1 a 0 para o Tricolor, aos 22 minutos.
A desvantagem criou um clima de nervosismo nos jogadores do Flamengo, que passaram a cometer muitas faltas. O time tricolor respondia, e ao fim do primeiro tempo haviam sido distribuídos seis cartões amarelos – três para cada lado.
Mas passado o susto, o Flamengo conseguiu se ajeitar em campo, apesar dos muitos erros de passe, e equilibrar o clássico. O Fluminense falhava criação no meio-campo, fazendo com que Fred e Rafael Moura fossem obrigados a recuar para buscar jogo. Quando o Tricolor chutava a gol, o adversário contava com as boas defesas de Felipe.
Flamengo empata no segundo tempo e leva decisão para os pênaltis
Diante da necessidade da vitória, Vanderlei Luxemburgo decidiu queimar suas duas substituições restantes no intervalo. O Flamengo voltou para o segundo tempo com Deivid e Bottinelli no lugar de Wanderley e Fernando, respectivamente. Assim, até o fim da partida não seria mais possível fazer qualquer modificação, caso houvesse uma nova lesão ou algum jogador expulso.
O Fluminense foi o primeiro a criar chances no segundo tempo, obrigando Felipe a uma bela sequência de defesas, ainda nos minutos iniciais. Mas, sem objetividade, o Tricolor perdeu terreno para o Flamengo, que empatou aos 22 minutos. Willians lançou na área, e Thiago Neves subiu mais do que Valencia para, de cabeça, fazer 1 a 1.
Com a qualidade técnica em baixa nos dois lados, Fluminense e Flamengo tentarão, em vão, a vitória. Mas com poucas chances criadas, os 90 minutos terminaram em empate. Assim, a decisão do adversário do Vasco na final da Taça Rio aconteceria nos pênaltis.
Nas cobranças, Deivid, Galhardo e Bottinelli marcaram para o Flamengo, e Fred, Edinho e Conca converteram para o Tricolor. No entanto, Ricardo Berna pegou os chutes de Renato e Thiago Neves, enquanto Felipe defendeu o de Araújo e viu Souza chutar para fora. Na segunda série de cobranças, Gum marcou para o Fluminense, David Braz fez para o Flamengo, mas Felipe pegou o chute de Tartá. Então, Diego Maurício converteu, garantindo o placar de 5 a 4, garantindo presença na final da Taça Rio, contra o Vasco.

FLUMINENSE 1 (4) X 1 (5) FLAMENGO
Ricardo Berna, Mariano, Gum, Edinho e Julio  César (Souza); Valencia, Diguinho, Marquinho (Araújo) e Conca; Rafael Moura (Tartá) e Fred. Felipe, Léo Moura (Galhardo), Welinton, David Braz e Rodrigo Alvim; Willians, Fernando (Bottinelli), Renato e Thiago Neves; Diego Maurício e Wanderley (Deivid).
Técnico: Enderson Moreira. Técnico: Vanderlei Luxemburgo. 

Gols: Rafael Moura, aos 22 minutos do primeiro tempo; Thiago Neves, aos 22 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Rafael Moura, Mariano, Fred, Julio César, Marquinho (Fluminense); Galhardo, Thiago Neves, Willians, Rodrigo Alvim (Flamengo).
Estádio: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ). Data: 24/04/2011. Árbitro: Péricles Bassols. Auxiliares: Jackson Lourenço Massarra dos Santos e Wagner de Almeida Santos. Público: 20.466 pagantes (23.915 presentes). Renda: R$ 593.415,00.

23 de abril de 2011

Corpo de atirador do realengo é sepultado

O corpo do atirador Wellington Menezes de Oliveira foi enterrado ontem, 22, no Cemitério São Francisco Xavier, no Caju, no Rio de Janeiro. O enterro aconteceu às 9 horas da manhã e não foi acompanhado por nenhum familiar de Wellington. Ele foi enterrado em uma cova rasa comum, segundo a administração do cemitério.

Duas semanas após o ataque na Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, nenhum familiar do atirador compareceu ao Instituto Médico Legal (IML) para liberar o corpo. Como o prazo para a família fazer a liberação do corpo terminou ontem, 21, o IML autorizou o sepultamento no Caju.

Wellington Menezes de Oliveira matou 12 crianças e feriu outras 12 durante o ataque na escola municipal no dia 7 de abril. Após ser atingido na perna pelo disparo de um policial, Wellington se matou.

A VINGANÇA PARAUARA

PARAENSES USAM JUDAS PARA MANDAR RECADO A AMAZONINO: QUEREM QUE O PREFEITO MORRA
Portal do Holanda
Dois meses depois de ter mandado uma moradora de área de risco que se recusava sair de sua casa, ameaçada de desabamento, morrer, o prefeito de Manaus, Amazonino Mendes, teve o troco. Paraenses que moram na Rua EVangelista Brawn, bairro de Santo Antônio, na Zona Oeste da cidade, colocaram um  Judas pendurado num poste com a frase: "Morra Amazonino".
O bairro  concentra um grande número de pessoas oriundas do Pará, que não esqueceram o que chamam de " desfeita" do prefeito de Manaus e o consideram um Judas, por terem, segundo afirmam, votado nele, tendo recebido como pagamento o que consideram preconceito e ofensa.  

22 de abril de 2011

Ambulantes revoltados com Secretaria Municipal

Vendedores ambulantes não querem sair da frente do Hospital Municipal

Do dia para a noite eles foram obrigados a deixar o local, onde segundo eles, faturavam muito mais do que no local onde se encontram

Uma notificação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Semdes, aos vendedores ambulantes que faziam ponto em frente ao Hospital Municipal, se transformou em motivo de revolta para a classe. É que do dia para a noite eles foram obrigados a deixar o local, onde segundo eles, faturavam muito mais do que no local onde se encontram, distante da entrada principal do Pronto Socorro e Hospital municipal. ”Quando não tinha um lanche bem em frente do Hospital o pessoal vinha comprar com a gente, agora está difícil eles vão diretos na lanchonete”, reclama os vendedores ambulantes. 
Uma das prejudicadas, a vendedora Eloise Rodrigues de Lima, conta que não sabe como vai fazer para sustentar sua família, lembrando que muitos vendedores já desistiram: “A faculdade da minha filha, que faz Psicologia no Iespes, custa 680 reais que tem que ser paga todos os meses”, conta. “Está difícil, quase impossível sobreviver”, disse. Existe um clima de insegurança no local, pois os ambulantes sabem que podem sair de lá a qualquer momento: “Por enquanto eles ainda não mexeram conosco, mesmo assim sei que nós estamos aqui na esquina de teimosos”, disse ela.
Chefe de fiscalização se defende – Nossa equipe de reportagem esteve na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, em contato com o chefe de fiscalização do Município, Gilmar Santos. Ele explicou que a decisão de retirar os vendedores foi tomada para evitar aglomeração na frente do Hospital, o que prejudicava entrada e saída de ambulância. “Um outro problema foi quanto a procedência dos lanches que eram vendidos, na maioria das vezes duvidosa, feita sem higiene”, cita Gilmar.
Por: Carlos Cruz

21 de abril de 2011

SEMANA SANTA

É o que desejamos a todos(as) que acessam este blog.

20 de abril de 2011

São Raimundo Bate a Tuna e Antecipa a Páscoa dos Torcedores Alvinegros

O são raimundo bate a tuna por um placar de 4x1 em pleno estádio estádio Francisco Vasquez (Sousa) em Belém, e antecipa a páscoa dos torcedores alvinegros.

Com gols:

São Raimundo 1 x 0:Rodolfo Soares (cab) 22' 1 º
São Raimundo 2 x 0:Leandro Guerreiro 32' 1º
São Raimundo 3 x 0:Aldivan 6' 2º

Confira a classificação:
CLASSIFICAÇÃO DO 2º TURNO – TAÇA ESTADO DO PARÁ
POS
TIMES
PG
J
V
E
D
GP
GC
SG
S.RAIMUNDO
7
4
2
1
1
8
4
4
INDEPENDENTE
6
3
2
0
1
6
3
3
REMO
6
3
2
0
1
5
4
1
CAMETÁ
6
3
2
0
1
4
3
1
PAYSANDU
4
3
1
1
1
4
4
0
TUNA LUSO
4
4
1
1
2
3
7
-4
CASTANHAL
2
3
0
2
1
1
3
-2
ÁGUIA
1
3
0
1
2
2
5
-3



CLASSIFICAÇÃO GERAL
POS
TIMES
PG
J
V
E
D
GP
GC
SG
PAYSANDU
29
14
9
2
3
36
26
10
REMO
24
12
7
3
2
21
14
7
CAMETÁ
18
14
5
3
6
31
31
0
INDEPENDENTE
16
12
5
1
6
22
19
3
S.RAIMUNDO
13
11
3
4
4
17
18
-1
TUNA LUSO
12
11
2
6
3
10
15
-5
CASTANHAL
8
10
1
5
4
10
17
-7
ÁGUIA
7
10
1
4
5
11
18
-7